sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Na crisálida e um feliz ano novo

*
Em 2011 a palavra que me regeu foi "crisálida"... quem não se lembra dos motivos que  me levaram a selecionar essa palavra pode recorrer ao flash back clicando aqui...
O que posso dizer sobre isso é que, ou a palavra não foi a melhor escolha pra esse ano, ou eu não percebi consegui me perceber num casulo...
A idéia era ter me voltado mais pra dentro do que pra fora, e não sinto que isso aconteceu, ao contrário, parece que estive mais exposta ao mundo em 2011 do que em 2010, quando a palavra regente foi cotidiano.
Mas sabe... não me senti frustrada com isso... acho apenas que a palavra foi determinada para reger num momento não muito propício, ou pelo menos, não muito compatível com ela...
A intenção foi, assim como a lagarta num casulo, trabalhar para minha auto-promoção... em todos os sentidos, mas não tive muito sucesso nessa empreitada e chegou um ponto onde eu simplesmente joguei a toalha...
Um dos objetivos era emagrecer e me manter com até 57 kilos... eu até consegui me aproximar dessa marca, pesei 58 kilos em julho de 2011, mas não consegui manter e hoje amargo novamente 65 kilos em um corpo com só 156 centímetos... se estou triste com isso? claaaaaaaaaaaaaro... não vou ser hipócrita a ponto de dizer que não estou nem aí... pior do que não conseguir emagrecer, é conseguir e não manter, consequentemente engordando tudo de novo... mas não quero fazer disso motivo pra entrar em depressão, querer pular da ponte ou algo do tipo... eu preciso é estudar a melhor maneira pra conseguir emagrecer e manter um bom peso pra mim... e depois colocar isso em prática... fato é que não tô afim agora...
Outro objetivo foi arrumar meu casulo... decorar minha casa de acordo com meu jeitinho e apesar de eu não ter conseguido fazer tudo o que planejei, avancei nessa proposta... e mesmo as pequenas mudanças me deixaram bastante satisfeitas...
Outra proposta no sentido de crisalidar foi me voltar mais pra mim mesma e eu acho que essa foi a maior falha... no início do ano isso até que estava acontecendo, mas de repente eu me perdi e abandonei completamente a proposta... fui vendo por aí por viver, como disse o rei Roberto Carlos... fui deixando a vida me levar sem prestar atenção devida aos meus sentimentos, as minhas vontades, as minhas relações interpessoais, enfim... blablablá...
Verdade é que crisálida não foi uma boa escolha para o ano de 2011, mas nem por isso vou abandonar o projeto "Palavra do Ano"... de forma alguma.... mas claro que a partir desse insucesso, percebi que é importante pensar bem antes de deixar que uma palavra grite dentro do seu ouvido dizendo que quer te reger durante um ano todo... é preciso parar pra pensar se realmente ela é viável e cabível dentro do estilo de vida e das condições que a gente vive... enfim...
Volto amanhã com a palavra que escolhi para me reger em 2012 e ela tem tudo a ver com essa percepção de insucesso e de falhas que pareceu ter sido todo o meu ano de 2011.

Boa virada pra todas, até um lindo, maravilhoso e cheio de expectativas... 2012...
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário