sábado, 1 de outubro de 2011

De repente 30

*
Não acontece uma mágica no exato dia em que uma mulher completa 30 anos que faz com que ela se sinta mais madura, mais exigente, mais esperta e etc. e tal...
Não é um processo de um dia...
É um processo de 30 anos...
É tudo o que se viveu até chegar nessa idade...
É tudo o que se conquistou...
É a família e o que ela representa
São os ganhos
São as perdas
São as trilhas percorridas
São os momentos vividos
São as pessoas que durante todo esse tempo ou em parte dele, construíram o ciclo de amizade...
São os amigos
São as amigas
Enfim...
São os 30 anos...



Parabéns à mim...
Um pedido...

Torta de limão... (porque eu não gosto de bolo de aniversário :S )


As amigas... Dona Elisa à direita e Marcela (eu sabia que tinha feito a 'mió iscôia'), à esquerda


A amiga Juliana à esquerda, com o fofo do filho dela, Pedro Otávio no colo, e sua mãe Hilda ao meu lado
A amiga Alessandra com o Marido "Valdinái" (o pioiento... osp... piauiense) e 2 dos seus 3 filhos... Adrian (o corinthiano) e Gabriel (comedor de língua de sogra) 
Sogra torta e Sogro nota 10

Preciosidades na minha vida... o irmão e a mãe! :D

Irmão, sobrinha e mãe

Mãe, Fia e Fí
Pois é... faltou foto com Andrey, mas é que ele era o fotógrafo :S

Só uma vez se completa 30 anos e os meus foram maravilhosos de completar!