domingo, 28 de agosto de 2011

30 para 30 - Primeira Semana...

*
Inspirada na idéia de Dani Alencar, resolvi enbarcar no Projeto Trinta para Trinta, porém adaptei-o à minha maneira e disposição (claro que há algum tempo pedi autorização dela para me inspirar no projeto e ela sempre super gentil além de autorizar super me incentivou... valeu Dani!)...
Na minha versão da proposta resolvi fazer um nini-álgum e registrar 30 quaisquer coisas bem curtinhas que vierem à cabeça nos 30 dias que antecedem os meus 30 anos...
Vocês vão perceber que falta uma argolinha no mini-álbum, mas é que ainda não chegaram as que eu encomendei hehe... mas não seria por falta de uma argola que eu não daria início ao projeto em tempo né?!
Estranho estar prestes à mudar da casa dos 20 pra casa dos 30... :S...




A primeira semana...

*Dia #1

O óbvio: No dia de iniciar o projeto me dei conta de que os meus 30 anos estão muito próximos... a sensação foi de crescimento, amadurecimento e tal... na verdade a madrugada já virou com uma experiência nova (e muito particular, por isso sem relatos sobre, ok?! :P)... e simplesmente, faltam 30 dias... 30 para 30...

*Dia #2

Fiquei pensando sobre as coisas que são verdadeiramente importantes na minha vida... e são tantas... daí veio a idéia de um top 5 aleatório... as primeiras cinco coisas que viessem à minha cabeça seriam registradas... e aí estão elas: família, amigos, trabalho, scrapbook e o amor... esse último geralmente não falta nunca na minha vida... bom!!!

*Dia #3

Sempre me sinto muito feliz e plena quando conquisto algo... dá uma sensação de potência... energia... competência... determinação, principalmente... no dia 23 conheci essa frase da Martha e me dei conta de que nunca, nesses meus quase 30 anos, me senti feliz por absolutamente nada... senti que preciso disso as vezes... quase sempre, quem sabe...

*Dia #4



Estava ouvindo a música "Perdendo Dentes" do Pato Fu... incrível como essa letra reflete tanto da minha adolescência... ou melhor... aborrescência, porque de fato eu fui terrível nessa fase etária... incrível como a gente cresce com o passar das horas... dos dias... dos meses... dos anos... no meu caso, com o chegar dos filhos, principalmente! "As brigas que ganhei, nenhum troféu como lembrança pra casa eu levei... as brigas que perdi, dessas sim, eu nunca esqueci"...

*Dia #5

Nesses quase 30 anos de vida, muitas coisas me fizeram chorar... mas no dia 25 de agosto, só consegui pensar nas coisas que me fizeram sorrir... e que me fazem muito feliz até hoje... o homem que escolhi para me casar, e que me escolheu para casar com ele, é um desses grandes presentes que o universo, a vida e Deus me deram pra me fazer muito bem! P.S. Essa página foi inspirada em uma digital de Dani Alencar, que há tempos estava querendo liftar em artesanal... saiu... em miniatura, mas saiu...

*Dia #6

De uma futilidade gigante, mas pra mim é do tipo fútil útil, sabem? Nessa semana tentei abrir mão de me maquiar e aproveitar os 30 minutos que gasto pra isso dormindo mais um cadinho... definitivamente não consegui... não sei mesmo sair de casa sem me maquiar... coisa fútil... eu disse...

*Dia #7

Uma sensação interessante de crescimento e maturidade... de fato a proximidade com os 30 parece trazer pra vida uma segurança que nunca se teve... ou então eu tô ficando é muito doida! :S

Bom domingo pra nós!