quarta-feira, 6 de abril de 2011

Aquele sobre o dia 06 de abril de 2011...

*
E esse dia seis de abril de 2011, que está quase indo embora, neste momento, foi muito bom, muito especial... com alqumas coisinhas chatas, mas coisinhas que sabemos estarem propícias a acontecer... num balanço geral, foi  bom!

É bom ver o Fí crescendo, apesar de dar aquela dorzinha em saber que um dia ele vai crescer tanto, a ponto de se achar o próprio dono do mundo e querer sair por aí vagante estrada à dentro... mas até essa dorzinha é boa... porque mãe que é mãe sofre mesmo quando os filhos vão moldando suas asas, mas é um sofrimento egocêntrico e prepotente até saudável, quando não materializado... no fundo no fundo, prefiro mesmo que meus filhos cresçam até o momento em que me convidem pra jantar ou me façam uma visita por pura falta de opção... porque os melhores amigos foram pra uma viagem que eles não estavam dispostos à fazer, ou porque os respectivos namorados tiveram que dar plantão  no P.S numa sexta-feira a noite... 

É... acho que é isso... Vivendo com o Fí o momento em que ele completa 5 anos de idade, resolvo dar uma olhada para o tempo... mas não pra trás, como costumo fazer nos aniversários dos meus filhos... dessa vez olho adiante... olho uns 20 anos à frente e penso: "Tomara que quando chegarem lá, eles não precisem mais de mim... eles me vejam apenas como uma opção quando os amigos sumirem, ous namorado e namorada não puderem estar presente"...

Que possa ser assim, e aí terei certeza de que cumpri o meu papel... desse meu jeitinho meio esquisito... mas o terei cumprido!

Feliz aniversário Mauro Moura Miranda Neto... vulgo Maurinho... vulgo Fí... razão dos meus cabelos brancos precoces, das minhas rugas à mais, dos meus sonos insuficientes e dos meus risos e sorrisos aparentemente sem razão!

Mamãe, essa coisa esquisita que carregou, deu de mamar, segurou a mãozinha pro seu primeiro caminhar e etc, deseja que você cresça sempre saudável e mais do que isso... que cresça por e com AMOR... sempre!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário