segunda-feira, 4 de abril de 2011

Aquela com minhas cenas favoritas #01

*
Estou lendo atualmente "O Clube do Filme" de David Gilmour... o livro é bom, porém, ele é bom pra quem gosta de filmes e principalmente pra quem gosta daquelas reflexões meio malucas sobre a própria vida... mas enfim... não terminei de ler ainda e não vim aqui pra publicar na seção "Dá pra ler ou tá difícil?" a minha opinião pessoal sobre a obra... faço isso quando encerrar a leitura... 

Essa introdução foi pra dizer que a leitura vem instigando minha paixão por filmes novamente... essa, como mitas paixões na minha vida, estava meio escondidinha, sabe-se lá onde, mas veio a tona com a leitura... a descrição de Gilmour de suas cenas favoritas em cada filme relatado fez com que eu parasse pra pensar sobre minhas cenas favoritas em filmes... e ahhh... são tantas... mas resolvi começar por uma super romântica, doce, singela, mas que apesar disso contém uma mensagem social bem forte... até que ponto nós videntes, ouvintes, andantes, lúcidos (???), etc, não subestimamos os cegos, surdos, cadeirantes, "loucos", etc.??
o filme "Perfume de mulher" é belíssimo... recheado de cenas que fazem o coração quase pular do peito, mas essa que selecionei é a minha favorita... pra mim a mais maravilhosa de todas a cenas maravilhosas do filme...

Arrepiei toda a espinha quando o personagem de Al Pacino (aliás, só pra variar, atuação fenomenal a do ator), diz para a personagem de Gabrielle Anwar: "Que riso bonito"... Ele não podia conhecer o sorriso... mas o riso, esse estava bem ao seu alcance... é uma cena que faz a gente querer dançar.... faz a gente querer beijar na boca... faz a gente querer encontrar o grande amor da vida... faz a gente querer amar alguém... faz a gente querer viver...  faz a gente querer prestar atenção em risos bonitos... faz a gente querer enxergar as coisas de outra maneira...




Você tem uma cena de filme que te faz querer ver a vida de um jeito diferente? A minha é essa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário