segunda-feira, 7 de março de 2011

Aquele sobre mim e a fotografia IV - Estilo

Seguindo a idéia de listar os atributos da arte da fotografia, venho falar hoje sobre o que acho primordial, principalmente pra profissionais... não é o meu caso querer me tornar uma profissa... ainda não falei o porque do não interesse em aprender fotografia pra tansformar em fonte de renda e em profissão paralela, mas prometo um dia contar aqui (já vou adiantando que tem a ver com uma total indisposição em ficar a mercé dos horários e das vontades dos outros kkkkk... mas dou detalhes numa outra postagem) ... mas acho que praquelas pessoas que assim como eu, querem aprender mais sobre fotografia, pelo simples prazer de amar a arte, saber sobre estilo é importante e pode ajudar a melhorar as fotografias. pessoais.. acho que passear por vários estilos e identificar o que mais te agrada é um bom exercício visual... te deixa mais crítica... mais sensível... enfim...

E não vim falar aqui de termos técnicos ou próprios de fotógrafos profissionais metidos à bam bam bam que quando lêem meus posts sobre fotografia, se preocupam em me mandar e-mails sugerindo que eu corrija terminologias ou conceitos que exponho... HELO?!?!?! ... Se toquem!!! Em nenhum momento me propus à falar aqui tecnicamente... aliás, muito longe disso... esse blog é super mega pessoal... se o que você busca é criticar aprendizes da fotografia que estão afim de postar sobre técnicas, terminologias e métodos que aprenderam sobre o tema, está no lugar errado... perde tempo não, amigo... se manda! Eu estou aqui pra contar sobre as coisas que me fascinam na fotografia... sobre as minhas descobertas e insights pessoais... sobre o que me faz amar a fotografia mais e mais a cada dia e ter vontade de me jogar nessa arte, mesmo sabendo que ainda não tenho condições pra isso.. acredite você, discorrer sobre foto-jornalismo de cabo a rabo não me faria nunca amar mais a arte da fotografia, ao contrário, me faria odiar, porque odeio termos técnicos...

Resumindo o parágrafo acima... me propus a falar sobre estilo não pra discorrer sobre fotografia publicitária,
foto-jornalismo, fotografia documental, e-session, street bride, cherish the dress ou coisas do tipo... quero falar sobre técnica não...

Tô falando aqui daquele estilo que cada fotógrafo escolhe pra si, ou que no decorrer da arte de fotografar, acaba sendo escolhido por ele... tô falando daquilo que torna cada pessoa que fotografa, única... e pra falar sobre como isso, infelizmente, não é pra qualquer um...

Osmar Shineidr, numa matéria para o Dois Cliques afirmou: "...estilo é tudo... todos tem seu próprio estilo... encontrá-lo é a mesma coisa que encontrar o seu olhar, sua magia!"

É sobre isso que falo nesse post... essa coisa que é única e que faz a diferença... em caso de fotógrafos profissionais, ajuda à torná-lo um caçado... quase sem horários na agenda, tamanha capacidade de ser único, de agradar... ou ao contrário, fazer com ele seja mais um que na boca do povo é tido como "comum"... ou no caso de fotógrafos caseiros, pode ajudá-lo a tornar suas memórias mais ainda pessoais do que elas já possam ser pelo simples fato de serem SUAS, de serem feitas com o seu olhar de mãe, de esposa, de namorada, de amiga, de colega de trabalho, etc... 

Estilo pra mim é algo que mostra o amor pela fotografia, porque é a partir daquelas características próprias a cada pessoa que fotografa, que sua foto ganha características também... não sei vocês, mas eu tenho bastante facilidade em perceber algo que foi fotografado com carinho  e o contrário também acontece... consigo sentir absolutamente nada quando vejo uma foto tirada a partir do sentimento de nada de quem a clicou! Parece conversa de gente maluca (talvez seja), mas faz parte de uma das coisas que minha sensibilidade capta quando admiro (ou não) fotografias por aí...

Baseada nessa idéia de estilo, penso que o objeto a ser fotografado é o que menos importa... algumas pessoas escolhem fotografar florzinhas e colocam tanta pessoalidade em seu olhar, que sensibiliza quem vê a foto (e essa minha afirmação parece contrapor minha opinião sobre fotos de bichos, mato, florzinhas, montanhas e aquela tal joaninha... mas não contrapõe, é só uma visão tendo em vista o fator "estilo")... outras pessoas são tão "sem sal" (inclusive, no momento, me incluo nesse grupo de pessoas "sem sal", e desejo profundamente mudar isso), que conseguem fotografar um bebê mamando no peito de sua mãe, e essa imagem não ser capaz de transmitir qualquer emoção...

Por que isso acontece? É a pergunta que me faço nesse momento... por que abrimos alguns portfólios virtuais de fotógrafos profissionais e em cada ensaio, não conseguimos capturar qualquer sensibilidade? Por que ao passear por galerias amadoras, de fotógrafos amadores, encontramos tanto estilo, tanta personalidade? Estilo é dom? É prática? É reflexão? É sensibilidade?

Não sei ainda como responder as perguntas que me faço acima... mas tô bem afim de descobrir... Se você gosta de fotografia também... se é profissional do ramo, ou apenas um apaixonado como eu, que tal compartilhar comigo sobre o seu estilo, ou sobre estilos que você admira? Eu ficaria super agradecida!

Pra finalizar, uma foto do Daniel Nobre, que pra mim, é único no seu jeito de fotografar... amo a capacidade que ele tem de tornar tudo espontâneo, mesmo fazendo parte de uma produção! O cara é "O Cara"!

Até agora, ao admirar fotografias por aí, percebi que os atributos em comum nelas, que me agradam, são:
- História
- Estilo

Por hoje é isso... até breve e seja bem vindo, sempre!

7 comentários:

  1. Muitooo bom seu texto. Pra começar, dou fã do Dani desde que nasci, hahaha (brincadeirinha).Brinco com isso porque me inspirei muito (e me inspiro ainda) nele. É o cara, com certeza. Antes de eu me jogar de vez na fotografia foi com ele que aperndi a olhar diferente.

    Estilo, com certeza você tem que ter o seu... Da mesma forma que você tem estilo pra se vestir, você tem que transpassar isso na fotografia.

    Fotografia não é somente dom. Fotografia é muito estudo... E você se envolver no momento. Eu respondo às suas perguntas exatamente com esse comentário: se entregando ao momento. Se fotografar uma flor por fotografar, ela vai ser somente mais uma flor (entre tantas) fotografas. Agora, se você se entregar ao momento, se seu coração falar mais alto e bater mais forte (assim quando estamos apaixonados) e você deixar fluir, aquela "simples" flor vai parar de ser uma simples "flor" e contar uma história (pra que serve a fotografia, afinal?)To falando por mim, tá?! Hehehe... Não sei como funciona com outros profissionais, não to dando minha verdade como única.. é só como EUZINHA tento fazer.
    Obviamente que, quando você trabalha com isso, as complicações aparecem... Nem sempre seu coração acaba batendo mais forte, quando você está com dores nos pés em um evento, por exemplo. Então o negócio é sempre se entregar. Se doar ao momento (esquecer o filho com febre, a casa bagunçada, o horário cronometrado pra terminar a sesssão).

    Bom, adoro seus textos.. Todos são de muita sensibilidade. Parabénssss

    ResponderExcluir
  2. Ahhh... desculpa os erros de português, viu?To escrevendo no escuro aqui, ahahah

    Só complementando... Técnica ajuda, mas não é tudo em uma fotografia. Tem gente que olha tão tecnicamente que esquece desse "momento". E daí se o foco ficou no meio e não na regra dos terços?? Se você pegou o momento mais lindo da criança beijando o avô? Tem muita gente que se preocupa demais em "fazer"técnica e "analizar" técnica dos outros que esquece que o momento é o que conta.
    =}
    Vou parar de te encherrrrr.. desculpa os textos imensosss.. hahhaaha
    beijooooooooooo

    ResponderExcluir
  3. Adooorei tudo que vc disse, e no momento me encontro nesseo grupo sem sal, morro de vontade de aprender a arte da fotografia pra mim mesma, vou ficar de olho nesse post vamos ver as respostas... e que foto linda essa...

    bjus

    ResponderExcluir
  4. Ranne, estou adorando seus posts sobre fotografia!!!! Deliciosos de se ler!!!!
    Beijinhosssss!!!!

    ResponderExcluir
  5. Eu tb sou do grupo sem sal!!! hahahahaha... Mas tenho meus momentos estilosos...uiiiiii! E acho que é no momento que abstraio e me jogo (literalmente), eu consigo captar o momento certo, o momento que eu tanto queria. Bom mesmo falar sobre isso pq sempre fui apaixonada por fotografia e sempre sonhei em ter a minha máquina. Então é paixão mesmo. Vou postar algumas dessas fotos estilosas no meu blog um dia desses.
    Ó sua "encomenda", ou melhor, do Fio, está a caminho...com certo atraso, mas já foi!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Amiga, cheguei agora da praia (morra de inveja kkkk)passei aqui rapidinho pra ver seu post, simplismente ADOREI!
    Concordo com o que a Carol Avon falou... meu estilo é MEU olhar e MEU envolvimento... Com amor e paixão esses momentos se tornam mais que especiais para mim e para as pessoas fotografadas.
    Sou feliz na minha profissão porque fotografo com o coração!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. eu não sei se tenho um estilo ou não... sei lá.. só sei que o que me dá prazer é qd olho uma foto e essa me traz algum sentimento, emoção... essas são as que valem pra mim, de momentos espontâneos cheios de vida por si só e que em algum dia no futuro o fotografado olhe e lembre 'ah, nesse dia aconteceu isso, eu senti aquilo...' e acabe com o fotógrafo se lembrando tbm, por causa da emoção... estas pra mim são as melhores fotos.. talvez nem seja estilo, mas é o que gosto de fazer...
    Foto belíssima do Daniel.. amo!
    Adorei seu texto e o recadinho hahaha ri muito.. hahaha

    bjks

    ResponderExcluir