segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Aquele com o Projeto 365 - O melhor de janeiro

*
Quem acompanhou meu Projeto 365 de 2010 sabe que eu estou fazendo um álbum digital/artesanal/híbrido com as fotos do mesmo... Acontece que, obviamente eu não consigo fazer as páginas do álbum acompanhando o andamento do projeto... sendo assim, nós já estamos em janeiro de 2011 e eu só consegui fazer o álbum de 2010 até a conclusão de março... daí que concluindo março de 2010 no álbum, percebi que nele não caberia mais nadica... encheu... saturou... lotou... dá mais não... =0( ... e tendo o álbum lotado com três meses de páginas, isso significa que precisarei de mais 3 álbuns pra comportar todos os scrapbooks do projeto e isso me desanimou taaaaaaaaaanto... mas taaaaaaaaaaaanto, que vocês nem imaginam o quanto...

O relato acima não necessariamente significa que não vou concluir o trabalho... a idéia de, com todas as fotos do Projeto 365 de 2010, criar um projeto de scrapbook... mas o fato é que ainda estou desanimada, e desde que o álbum ficou lotado, não fiz mais nenhuma página deste projeto...
Por causa disso decidi que em relação ao meu Projeto 365 de 2011, não vou criar scraps com todas as fotos... vou selecionar as melhores fotos do mês (melhor foto, pra mim, não é aquela tecnicamente perfeita, mas aquela que representa um momento importante na minha vida), com quantidade limitada à no máximo 6 fotos/mês e fazer o álbum "O melhor de 2011"... Assim espero em um único álbum, mostrar em forma de scrapbook, texto e fotografia, aquilo de mais relevante que represente o que vivi nesse ano...

Seguindo essa idéia, vou postar no último dia de cada mês, as fotos que representam os acontecimentos mais  significativos à mim... assim fica mais fácil me organizar na hora da criação... mas vocês nem imaginam o quanto é difícil pra mim escolher as fotos mais representativas... afff... enfim...

Eis, portanto, os acontecimentos mais relevantes de janeiro de 2011:

001/365
Porque todo começo
pra mim é sinal de uma
nova chance... de novos
projetos... de bons votos...
por isso a 1ª foto do ano é
uma das selecionadas

 

011/365
Cartão híbrido, marcador de
páginas e jogo de mini-lixas... presentes
lindos que ganhei da minha amiga Aline
Charpinel... essa super mensagem
não poderia ficar de fora


004/365
O aniversário de 14 anos da
Fia, comemorado na pizzaria Zebu!


019/365
Nomeação

022/365
Cabelo novo













































030/365
Mauro vô, Mauro Neto e o limão


Volto no final de fevereiro com mais fotos que irão para o álbum!!!

sábado, 29 de janeiro de 2011

Aquele com o que vi por aí e curti #4

*
1- Fiquei #InLove com essa idéia de organização de brinquedos mostrada lá no blog de(coeur)ação... achei que além de organizar mesmo, dá um ar bem despojado ao ambiente e quarto de criança despojado é o que há!!!

2-Uma página de scrapbook artesanal que é a coisa mais linda da face da terra... lá no blog Scrap Mix!!! #InspiraçãoTotal

3- Não que eu goste de festa infantil temática... porque sou do tipo que adora uma festinha caseira, mais simples e sem muitos parangolês... mas o fato é que eu gosto de admirar cupcakes, principalmente aqueles bem fofos que parecem mais um objeto de decoração em miniatura do que uma guloseima... sério que as pessoas comem aquelas fofuras??? Olha esses no tema "Alice no País das Maravilhas" mostrados lá no blog Feito à Mão... affff... me desintegrei em açucar refinado... Uó!!!

Curtinho... eu sei... mas é que essa semana de fato não vi muita coisa inspiradora por aí... =0(

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Aquele com o PC enfermo...

*
Post curto, pipous... só pra dizer que no dia 26 de janeiro de 2011 o meu queridíssimo e quase jurássico PC adoeceu... aaaaaaaai que coisa triste e doída... meu coração está partido em um monte de aplicativos... ooops...pedacinhos... poderia até dizer que é coisa do universo me mandando ir ler um bom livro, ver um bom filme ou ir dar uma namorada bruta, não fosse o fato de na minha casa terem mais dois computadores... o note da Fia e o PCzinho arcaico do Fí... não dá pra fazer o que eu preciso neles... não tem as minhas preciosas fotos de 2011 neles... mas ao menos dá pra navegar com tranquilidade... dá até pra atualizar o blog O_o...

O diagnóstico do meu computador ainda não sei.. até a publicação deste post o "dotô" do meu bichinho ainda não havia dado notícias... meu único receio é algum dano no disco rígido que corrompa meus dados... porque eu sou daquelas que faço backup só uma vez por ano e a última vez que fiz foi em outubro de 2010... se eu perder tudo, vou ficar muito, mas muito chateada mesmo!... Enfim... não sei o diagnóstico, mas o problema posso descrever... prometo que vou resumir...

Ao ligar o PC, o bichinho cai naquela tela informando que o windows não foi desligado corretamente e lá tem a opção "iniciar normalmente"... clico na opção e aparece aquela tela carregando o windows... porém não carrega... retorna pro treco de "iniciar normalmente"... clico nele e começa a carregar o windows... porém não carrega... retorna pro treco de "iniciar normalmente"... clico nele e começa a carregar o windows... porém não carrega... retorna pro treco de "iniciar normalmente"... clico nele e...

Pois é... tá nesse círculo vicioso... foi pro pronto socorro e tô aqui aguardando diagnóstico... o jeito é esperar, e esperar com o meu coraçãozinho aflito... enquanto isso... pra dar umas navegadinhas básicas net afora, conto com a solidariedade dos meus filhos... aquelas lindas, fofas, obedientes, simpáticas e maravilhooooooosas criaturinhas que Papai do céu mandou de presente pra eu parir... O_o

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Aquele como contribuinte individual do INSS

*
Pois é... há uma desvantagem em deixar de ser contratada do serviço público municipal e passar a ser efetiva... é que enquanto contratada, minha contribuição previdenciária era feita para o INSS... à partir da data da minha posse, passarei a contribuir para o IPSERV... desculpaê galera da previdência de servidores efetivos municipais e estaduais, mas eu definitivamente não confio em nenhum instituto de previdência social que não seja o INSS... e olha que esse também tem suas astúcias... Foi por isso que resolvi ir à uma agência do INSS e ativar a possibilidade de contribuição como "contribuinte individual"... mas esse post não é para lamuriar sobre o IPSERV, é pra mostrar pros leitores do blog (amigos, amigas e pessoas que caírem aqui de paraquedas), que o fato de não se ter a Carteira de Trabalho (CTPS) registrada, não é motivo para não ter direitos previdenciários e futuramente poder aposentar com o mínimo de dignidade...

PAUSINHA DE INDIGNAÇÃO

Porque né? Benefício de Prestação Continuada é coisa pra quem não teve o mínimo de instrução na vida, e se você está lendo esse post é porque não se enquadra nesse requisito, concorda?... Aliás, eu discordo que haja quem não tenha instrução a respeito da política de Seguridade Social... hoje em dia tá cheio de CRAS por aí e eles tem a função de orientar a respeito disso... mas enfim...

PROSSIGAMOS

Tive uma professora que dizia que a melhor forma de ensinar e motivar é dar exemplo... até Jesus Cristo que era O Cara fez isso ao se batizar, mesmo não tendo pecado algum pelo qual se arrepender... e deu certo... muitos aprenderam se motivaram e o batismo tá aí até hoje... Seguindo essa orientação da minha ex professora, vou mostrar através da minha experiência, que pagar o INSS como contriuinte individual (ou contribuinte facultativo - vou mostrar a diferença) não é nenhum bicho de sete cabeças e não há desculpa pra não se ter uma seguridade social com os recursos que o INSS disponibiliza hoje pra isso...

Antes de começar, duas observações:

1- Separei a orientação por passos pra você compreender os procedimentos todos, mas você pode cumprir todos os passos (exceto o último) numa única ligação... então sugiro que você leia tudo e só depois sente o bumbum na cadeira, em frente a este post, para ligar para a central de atendimento do INSS!!!

2- Você pode fazer todos os passos pela internet, mas como por lá tem uma parte mais complicadinha depois da inscrição, vou orientar sobre como se faz através de agendamento por telefone e atendimento numa agência do INSS mesmo...  Até porque, gentem... vamos combinar... é tudo tão prático e rápido, que vale mais a pena o contato pessoal

Para se tornar um contribuinte individual ou facultativo você vai ligar para o telefone 135 (que é gratuito se a ligação for feita por telefone fixo ou público) tendo em mãos os seguintes documentos:

- Carteira de identidade;
- CPF
- Carteira de Trabalho
- Número do seu PIS/PASEP ou NIT (Número de Identificação do Trabalhador)... se você não tiver nenhum desses números não tem problema... liga sem ele mesmo e dá de "joão sem braço", mas se você já trabalhou com recolhimento previdenciário, mas perdeu o número do seu registro (costuma ficar grampeado na contra capa da Carteira de Trabalho), sugiro que antes vá numa agência da Caixa Econômica e peça a segunda via da sua inscrição no PIS... isso não é muito demorado e vale a pena ter os dados dessa inscrição...

...Ao ligar você vai ouvir a mensagem: 

"Bem vindo ao 135 da Previdência Social... tenha em mãos os seguintes documentos... (aí ela fala um tantão de documentos mas você nem precisa ter isso tudo em mãos, só os listados acima já são suficientes)... Para falar com nossos atendentes, digite 1... 

Pronto, você não precisa escutar mais nada... digita o 1 e siga os passos abaixo: 

1- Verificar se você já tem inscrição no INSS...
Não precisei fazer isso porque eu já tinha certeza da minha inscrição e sabia os dados que precisaria para ativar minha contribuição como contribuinte individual... mas se você nunca trabalhou com carteira assinada e não tem certeza sobre já ter sido inscrita, você pode fazer essa consulta ao ligar para o 135... Basta dizer à atendente que gostaria de verificar se você tem inscrição no INSS e com alguns dados que você fornecerá a ela, a verificação será feita...
Caso você já tenha inscrição, pule para o passo 3, caso não tenha, siga o passo 2...

2- Fazer sua inscrição no INSS...
Se a atendente informar que não consta inscrição com seus dados, você vai dizer à ela que quer se inscrever e aí é só ir seguindo sua orientação... ao final deste passo, a atendente terá lhe fornecido o seu NIT e você estará oficialmente inscrita, podendo contribuir como contribuinte individual ou facultativo...  (Em alguns casos, a atendente sugere que você agende um atendimento numa agência do INSS... se acontecer, não se desespere, aceite o agendamento e quando for executar o passo 4 e último você faz a inscrição antes de seguir o passo 4... simples!)... 

3- Agendar o atendimento numa agência do INSS... 
Depois que receber o número do seu NIT, você vai dizer para a atendente que quer agendar um atendimento numa agência do INSS para começar a contribuir como (escolher opção A ou B, dependendo de em que categoria você se encaixa): 

A) CONTRIBUINTE INDIVIDUAL:
São aqueles que trabalham sem vínculo empregatício... manicures, crafeteiras, digitadoras, salgadeiras, fotógrafos, profissionais do sexo, professoras particulares, bicheiro (ops... isso é ilegal... hehe), revendedora avon... etc... etc... etc... não importa o que você faça para ter renda, se não tiver carteira de trabalho registrada ou contrato de prestação de serviço com vínculo empregatício, você se enquadra aqui... não é necessário comprovar renda...

B) CONTRIBUINTE FACULTATIVO:
São aqueles maiores de 16 anos que não trabalham e mesmo assim querem contribuir para gozar de direitos previdenciários... não importa se você vai pedir o dinheiro da contribuição pro seu marido, pra sua mãe, pro centro espírita que você frequenta... você não precisará comprovar renda nenhuma para se inscrever e ter a oportunidade de contribuir como facultativo... 

Ao fazer o seu agendamento, a atendente vai lhe informar uma data disponível... se você concordar confirme, do contrário ela te sugerirá outras até que haja um consenso de disponibilidade entre as partes... definida a data, a atendente lhe dará opções de horários... é só você escolher o melhor pra você... aí ela vai te passar o endereço da agência do INSS mais próxima de você e  te dará um código de agendamento... anote este código pois você precisará levá-lo no atendimento... por fim, a atendente lista os documentos que você vai precisar levar para ser atendida...
Meu agendamento ficou assim (e foi esse papel que levei no atendimento):

4- Ativar sua contribuição como segurada individual ou facultativa... 
Quando chegar no INSS dirija-se ao balcão de informações/orientações e informe o seu código de agendamento e nome completo, você vai receber uma senha do grupo Y, que corresponde aos agendamentos... não se preocupe ou desanime por isso... a espera é curta, entre 5 e 10 minutos!
Já direcionada ao setor onde será atendida, você deve informar à atendente que gostaria de contribuir com o INSS como segurada individual ou facultativa (na verdade ela já tem essa informação no sistema dela, gerada a partir do agendamento, mas não custa confirmar) e lhe entregar sua identidade e o número do seu NIT (se ele lhe tiver sido informado no ato de sua inscrição por telefone, do contrário, só o RG mesmo)... neste momento, você deve informar também, o valor com que pretende contribuir, para definir o valor, veja as opções no item: VALOR À CONTRIBUIR, mais abaixo, neste post...
A atendente vai gerar o seu Documento de Cadastro de Pessoa Física... você deve guardar este documento pois nele consta seu NIT e alguns outros dados... quando precisar solicitar outros serviços do INSS ele será últil:


Trata-se de uma folha A4 com os dados necessários pra você contriuir como segurado individual ou facultativo... se assim como eu, você se encaixar como contribuinte individual, vai precisar informar seu ofícil, se escolher a opção contribuinte facultativo, essa informação não é necessária... Num campo do documento você pode conferir se a atendente preencheu corretamente sua categoria de contribuinte:


Depois de te gerar este documento a atendente vai gerar seu boleto de pagamento do mês consequente... eu fui no dia 25/01, portanto meu boleto foi gerado para 15/02... O valor da sua contribuição mensal vai depender da sua escolha... portanto, é importante que você leia o item: VALOR À CONTRIBUIR, mais abaixo, neste post... No meu caso, que optei pelo PSPS - Plano Simplificado de Previdência Social, meu boleto ficou assim


Você pode pagar este boleto em qualquer agência bancária ou casa lotérica... e ainda pode optar pelo pagamento via internet ou comprar aqueles carnezinhos específicos numa papelaria ou livraria da sua cidade...

Isso tudo é muito simples e rápido, gentem... em cerca de 10 à15 minutos de telefonema gratuito fiz o agendamento... cheguei no INSS para atendimento às 08:35, fui atendida às 08:45 e às 09:00 já estava no ponto de ônibus para voltar pra casa... e cheguei em casa às 09:30...  Sendo justa como sou (apesar dos meus muitos defeitos)... quando é pra meter a boca, eu faço... mas também faço questão de elogiar um serviço quando ele funciona e é eficaz... e esse FUNCIONOU COMIGO!!!


VALOR À CONTRIBUIR...

Você pode contribuir com o INSS enquanto segurado individual ou facultativo das seguintes maneiras: 

-Com 20% da sua renda declarada (no caso de contribuinte individual que declarou renda);
-Com 20% de um salário mínimo; 
-Na modalidade PSPS - Plano Simplificado da Previdência Social... nesse último caso, você contribuirá com 11% de um salário mínimo... 

Eu escolhi o PSPS, porque como já terei desconto previdenciário pelo IPSERV de 9% do meu salário, não posso dispor de mais do que isso do meu ordenado, sugiro essa forma de pagamento caso sua renda seja menor ou igual à 2 salários mínimos, para não pesar no seu orçamento... sendo maior, qualquer uma das outras duas formas de contribuição no que se refere à valor, será melhor pra você... O que difere a primeira opção da segunda é apenas o cálculo para o valor que você vai receber quando se aposentar, no mais, os direitos são os mesmos... porém há diferença de direitos entre essas duas oções e o PSPS (que é mais limitado)... fique atento antes de escolher o valor que você quer dispor: 

-Ao contribuir com 20% da renda declarada ou de um salário mínimo você tem direito à (clique em cada um dos itens abaixo para saber mais informações à respeito de cada um deles): 

-Ao contribuir na modalidade PSPS, com 11% de um salário mínimo você tem direito à: 

Então, não tem desculpa... qualquer pessoa maior de 16 anos que não tenha condições $$ de pagar uma previdência privada, pode e DEVE contribuir com o INSS, não importa se você é trabalhador sem vínculo empregatício,  do lar ou se você fica coçando e jogando vídeo-game o dia inteiro, deixando sua mãe de cabelos brancos... em qualquer um desses casos, você pode se inscrever como segurado individual ou facultativo!!! 

Se você amiga leitora, querida, optou por não trabalhar fora e se dedicar aos filhos... ou tem uma fonte de renda enquanto trabalhadora autônoma, sem qualquer vínculo empregatício... assegure-se... garanta pra si direitos sociais básicos do trabalhador... Tenho certeza de que R$60,00 por mês você consegue tirar... dá pra tirar até vendendo avon... Eu que sou fraquinha, meio distraída e uma quase irresponsável total, quando era revendedora avon tirava um lucro um pouco maior do que isso... imagine você que é esperta e engajada!!! Não dependa de ninguém e de nenhum órgão público... faça você mesma por onde ter direitos... porque estes, ninguém pode tirar de você!!!

Se você tem filhos com idade igual ou maior à 16 anos, que ainda não trabalham, você pode inscrevê-los como contribuintes facultativos, mas antes disso, providencie à eles o Registro Geral (identidade) e o Cadastro de Pessoa Física (CPF)

Espero que eu tenha ajudado e mais do que isso... motivado você à ser uma contribuinte!!!

O.B.S. A maioria das pessoas que visitam meu blog são mulheres... por isso a narrativa direcionada no feminino... mas não se sinta excluído se você for homem, afinal de contas isso é só mais uma daquelas bobagens de gênero!!!


segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Aquele com as ações contra o surto internético #1

*
1- A OPERAÇÃO BORRACHA...
No post "Aquele com um surto internético" recebi um montão de dicas... tanto nos comentários, quanto por email (tenho alguns amigos da vida real que ainda não se adaptaram ao lance de blog... aí sempre respondem por email)... Agradeço à todos, tanto aos que deram dicas, como àqueles que manifestaram o mesmo problema... à partir das idéias que vocês me deram, listei algumas ações que podem melhorar a minha vida de internauta surtada... e vou postar gradativamente uma por uma aqui no blog... quem sabe, pode ajudar alguém que também tá a base de picotrópicos virtuais por aí...

A dica que mais apareceu foi... "Apaaaaaaaaaaaaaaaga, Ranne... apaaaaaaaaaaga... apaga tudo, nêga... vai apagando"...  A harmonia e musicalidade foi tamanha, que quase criei o "Funk da borrachinha"... aí lembrei daquele cara feio dos dentes tortos que cantava uma música da vassoura... "vou varrendo, vou varrendo, vou varrendo, vou varrendo"... fiquei com medo de me denunciarem por plágio e aí ao invés de eu ficar rica (pq a moda agora é música sem sentido... basta acrescentar algo referente à descer até o chão na letra e pronto... você ganha muito dinheiro), acabar sendo processada... desisti do "Funk da borrachinha", mas a "Operação Borracha" tá firme... botei ela em prática há mais ou menos cinco dias e já pude ver uma melhora considerável... meu psiquiatra até reduziu a dose do psicotrópico :P

Antes de começar a passar a borracha, listei as coisas que me são prazerosas na net, e os interesses que tenho nela... no lado B da folha, listei o que anda me irritando, me fazendo perder a paciência, ou o que eu simplesmente tenho ignorado (porque né? se eu ignoro, é por já não me ser mais interessante... e se já não me é mais interessante, borracha neles)... Os alvos da minha borracha virtual estavam por toda parte... twitter, blogs, sites de compras coletivas, sites de compras não coletivas, galerias de scrap, etc... e sei não, mas tenho pra mim que ainda tá faltando alvos nessa listinha... mas uma hora eu descubro!
É claro que, de cinco dias até agora não deu ainda pra apagar tudo o que quero (e teve ainda o lance de eu não saber apagar algumas coisas... vou precisar de help, vocês me socorrem? rs), mas o pouco já apagado já me devolveu a paz internética... rsrs
Minha borrachinha saltitante saiu por aí fazendo um verdadeiro estrago...

-Twitter
Deixei de seguir 115 perfis do twitter, e ainda tem alguns outros pra deixar de seguir, só não fiz o limpa numa tacada só porque o twitter resolveu me sacanear e baleiar... mas logo logo concluo a limpeza por lá... Quando eu abri a conta no twitter, com ajuda da Lívia Guimarães, foi pensando em interagir... sabia que um monte de amigas scrappers e mães estavam por lá, então, fui lá ver como a coisa funcionava e gostei... conheci outras pessoas, abri o horizonte pra outras coisas, aprendi um bocado sobre assuntos do meu interesse como fotografia e artesanato... acontece que a coisa foi se expandindo naturalmente e eu virei uma viciada louca... fui me metendo numa coisa alí, outra aqui e perdi o controle de tudo... peneirei o que me faz bem no twitter e deu em 115 unfollows por enquanto... foram emboras perfis estritamente comerciais (ficam por conta de divulgar marcas e sorteios e enfiar na sua cabeça que você deveria se matar por não ter um delineador da M.A.C... apaguei!!!!)... Deixei de seguir também alguns perfis que twittaram pela última vez na Santa Ceia... porque né? pra que seguir alguém que não usa o twitter que tem???... aliás... porque alguém tem twitter pra não usar??? :S... claro que as amigas do coração que não atualizam, eu não deixei de seguir... vai que um dia elas reaparecem... rsrs... O terceiro grupo a ser vítima da minha borrachinha lá no viveiro foram aqueles que eu seguia por educação em função de me seguirem... se não tenho interesse não sigo mais não.. afff... saco!

-O que melhorou?
Reduziu consideravelmente a quantidade de links na minha TL, logo, passei a visitar menos sites/blogs e como muitos meretiam a produtos (cosméticos, objetos de decoração, sapatos, makes, etc...)... logo a minha gana consumista também diminuiu... com menos atualizações na TL ficou bem mais fácil usar o twitter para aquilo que eu me propus, que é interagir, compartilhar idéias bacanas e devaneiar vez ou outra!

-Assinaturas em blogs (pra receber atualizações por email)
Cancelei 32 assinaturas em blogs... dentre os blogs apagados da minha listinha de newsletter foram embora aqueles que falam exclusivamente (ou se dedicam praticamente a) beleza, moda, roupas, esmaltes, consumo desemfreado, maquiagens... essas coisas...
Muitos blogs de pessoas realmente amigas e interativas ja falam sobre esses assuntos, então eu não preciso seguir pessoas não amigas que fazem o mesmo.
Blogs dedicados à divulgar sorteios também saíram da minha listinha e com eles os blogs que SÓ fazem sorteios... assim como no grupo de blogs anterior, algumas amigas blogueiras, que eu realmente leio, gosto de visitar e tal, também fazem sorteios de vez em quando, então agora se for pra participar de algum, só se for de um blog "amigo"...
Blogs de gente "seachuda" que não tá afim de interagir foi pro lixo também... as amigas "seachudas" não interativas ficaram, porque essas eu já amo e não ligo por elas me ignorarem kkkkk...
Alguns sites de compras coletivas e não coletivas também estavam nessa lista... minha meta esse ano é gastar o mínimo possível e economizar bastante... quero aprender a dar valor no meu dinheiro, afinal de contas, não acho ele no lixo... então se a idéia é não comprar, não preciso receber ofertas!

-O que melhorou?
Reduziu muuuuuuuuuuuuuuuuuito a quantidade de emails na minha caixa postal;
Valorizou meu tempo na net, visto que eu gastava um tempão lendo e respondendo emails e me cadastrando em sorteios que depois nem acompanhava o resultado

O que falta apagar?
Alguém me diz pra que eu sigo 33 blogs?... Pois é... queria ter apagado um monte deles, mas não consegui... fui lá em "Administrar" no painel do blogspot, mas a lixeirinha que deveria ter do lado do nome de cada blog não estava lá pra sentir o peso da minha borrachinha... confere:



... Também não deu certo ir direto no blog e clicar em "deixar de seguir este blog"... o nome dos malditos simplesmente continuam lá... resistentes, lindos e loiros... alguém me helpa???
Tô ensaiando também outras estratégias pra melhorar o uso da internet e não pirar de vez, e a medida em que for colocando em prática vou trazendo aqui pra vocês...
Espero que as dicas que recebi possam ajudar outras pessoas também!!!
Beijocas!!!

domingo, 23 de janeiro de 2011

Aquele com o que vi por aí e curtí #3


*
1- Um mini-álbum super fofo feito pela Bianca Alonso lá no blog dela... adoro o estilo dela, com cores vivas e páginas bem incrementadas... amei o albinho... além de mostrar a formosurinha, a Bianca disponibilizou o passo-a-passo da arte neste post!

2- Um calendário de mesa que apesar de simples ficou super fofinho... lá no blog da Elaine... quem sabe não inspira você à criar o seu! :D

3- Na onda da ECOmoda, um mini-álbum de scrapbook feito com rolinhos de papel higiênico... e não é que ficou uma graça! A Cris Cardoso ensina o passo-a-passo lá no blog Scrapme...

4- Vídeo tutorial de Nana Barros ensinando a fazer um caderno tipo moleskine... loooosho!

5- Amei o filme "Up"... achei tão bonitinha a história... e claro que a menção feita ao scrapbook também contribuiu pra eu colocar o filme na minha lista de favoritos... uma graça... E teve gente que gostou tanto do filme que fez até casamento inspirado na história... é muita criatividade... dá uma olhadinha lá no tumblr Follow the Colours!!!

sábado, 22 de janeiro de 2011

Aquele com o cabelo novo...

*
Ok... ok... eu sei que dei uma burladinha no item 08 do meu Projeto 101 em 1001... maaaaaaaas... foi necessário fazer a coloração pessoas... é pena que eu não estava com a câmera lá no salão (tinha intenção de levar, mas as pilhas acabaram e as reservas estavam com o marido), porque aí não deu pra tirar uma foto da visão que eu tive no espelho de lá... Sério pipous... eu estava parecendo aquelas putas pobres de beira de rodovia (nada contra o ofício, mas não dá pra negar que o visual é brochante... não entendo como tem gente que pega... e pior... pagando... mas enfim...)... diante daquela visão duzinfernos optei por colocar uma tinta uniforme, e achei que pintar antes de hidratar seria até melhor pra acompanhar direitinho o resultado... num cabelo metade virgem, metade puta-pobre, que era como o meu estava, é mais difícil perceber a melhora da qualidade dos fios... então tá né? me justifiquei e tenho certeza de que todo mundo entendeu e ainda me ama hahaha... :P...

O restultado foi doído, mas menos doído do que a situação anterior... não ficou feio, eu não estou horrorosa... achei até que ficou bem clássico... o problema é que eu não fiquei nada sexy kkkkk... sério... deu até um certo ar de "boa moça do interior"..., o que não é o que eu gosto pro meu visual... em mim, amo mesmo as luzes... como diz  Marco Antônio di Biaggi...

“Não tem jeito. Uma morena consegue, no máximo, ser ‘muito bonita’. Agora ‘des-lum-bran-te’, só sendo loira.”

Tudo bem... também concordo que ele exagerou em generalizar, rs... tem gente que não deslumbra com o loiro, mas eu acho que em mim ficou bem... foi a cor que mais deu "ibope" e que eu mais curti... mas fica pro ano que vem, pois pra resolver o problema atual (o estilo puta de beira de rodovia), sem agredir muito os cabelos (visto que a intenção é torná-los o mais saudável possível), o jeito foi jogar uma cor uniforme mesmo... e voilá...


Todas as fotos estão in natura... sem tratamento, pra vocês verem
como ficou a cor exata nos cabelos...


Táaaaaaaaaaaaa gentem... não ficou tão tão legal porque eu só sou deslumbrante loira, como estava no início de 2010 (lembra?)... mas eu preciso de amor e carinho, muuuuiuuuuuuuuto amor e carinho, pelo menos deste momento até fevereiro do ano que vem... não me esnobem, pleaaaaaaase!!!! Prometo que não vou me inscrever no primeiro convento que eu ver pela frente... juro... vou resistir até fevereiro de 2012!!! :P


Optei pela cor borgonha... é um vermelho que, em cabelos castanhos escuros (minha cor natural, e como estava minha raiz) fica bem fechado e em cabelos mais claros (como estavam as pontas do meu cabelo por causa das luzes), fica um vermelho mais aberto... (tenho uma marca preferida em relação a essa cor, sim, mas se quiser minha opinião sobre, manda um email pra rannecassia@hotmail.com , com o assunto: "Melhor marca da cor borgonha" e eu te conto, porque não quero usar o blog pra fazer propaganda... citando minha amiga Mi Braun: "não vou transformar meu canto em cartaz de propaganda marqueteira"...




Eu gosto desse vermelho porque, quando há nuances de cores, o que era o meu caso, só se pode ver isso de forma evidente, à luz do sol...

Viram? mais fechado na raíz, onde estava virgem, e mais
aberto nas pontas que estavam com o loiro vencido...

À sombra ou à luz artificial, a diferença não fica gritante, escandalosa ou desarmoniosa... você consegue vê-la, mas não se foca nisso... entendem?... costumo dizer que o vermelho borgonha é o rei do disfarce quando a coisa tá meio feia...





Pra quem tiver com o mesmo dilema que eu... metade do cabelo virgem e metade do cabelo loiro, fica a dica... e dependendo da cor do seu cabelo, também é possível conseguir um bom disfarce com os tons de castanho... no meu caso não daria certo pelo fato de o meu cabelo natural ser castanho escuro, que depois do preto, é o tom de cabelo mais difícil de harmonizar numa situação como essa... no meu caso era borgonha e pronto... não tinha outro jeito... e confesso que sou bem apaixonada por essa cor porque ela combina com quase todos os tons de pele... a mais linda das cores escuras...





Vai, assume aí... não é uma cor jeitosinha? rs... O motivo pelo qual eu entendo um pouquinho de coloração (na verdade, modéstias a parte, entendo bem)... é que já passei por experiências bem tristes, e depois da última delas (que foi ficar com o cabelo alaranjado abóbora de halloween em 2003), decidi ler muito sobre o assunto, ouvir várias opiniões de especialistas... e especialistas em coloração mesmo... não aqueles cabeleireiros que cortam, escovam, dançam na boquinha da garrafa e ainda colorem... eu quis ouvir profissionais que após o curso completo de cabeleireiro optaram por se especializar só em coloração...  e aí, só depois de conhecer bem a coisa, voltei a me submeter a procedimentos de coloração... Não sou neurótica com estética... juro! Mas ficar com os cabelos alaranjados não dá!!!

Quanto à cauterização, claro que eu já notei, uma diferençazinha... pequena, porque meu cabelo estava realmente muito judiado... mas notei essa diferença só no tato... vocês devem ter percebido que visualmente, não há um impacto assim tão relevante... mas sei que com as próximas aplicações a coisa tende a melhorar e até ano que vem espero ter alcançado o objetivo de ter cabelos hidratados e saudáveis...

No mais é isso... o mais importante... NÃO ME ESNOBEM!!! kkkk... sei que não chego nem perto do "muito bonita", mas pelo menos estou mais apresentável... rs...
 
 
Antes (01/01/11)
Agora (22/01/11)

Nota: Todas as fotos com o cabelo novo foram tiradas pelo marido... #ValeuMarido

E aí, o que acharam???

Aquele com dois agradecimentos especiais...

*
Se tem uma coisa que me faz muito bem e não me é nem um pouco difícil fazer é A.GRA.DE.CER... adoro agradecer pessoas, de verdade e sem pieguice... Tenho a absoluta certeza de que quando alguém me apóia, me dá forças, me orienta, me consola, ou algo parecido, faz isso por total carinho, amor e afeto, não esperando receber algo em troca (bem... comigo acontece assim... sempre aconteceu e eu AGRADEÇO à Deus por isso)... mesmo assim... gosto de agradecer, como forma de mostrar que eu valorizei o apoio que recebi...
Acho sinceramente que a primeira palavra que eu deveria ter aprendido era "GRATA", ao invés de "mamã" rsrs, porque desde muito nova, sempre fui apoiada...
Deveria começar láaaaaaaa na fase fetal, agradecendo a minha mãe por me ter - separado e não junto, porque meter ela já... enfim... Valeu, mãe... e depois agradecer à minha primeira professora que me ajudou a articular bem as palavras... ahhh como são importantes as palavras... Valeu, "Tia" Dorotéia... e daí por diante, agradecer um tantão de gente... algumas pessoas que me ajudaram de forma simples, mas importantes... como a minha Tia Gilse, que sempre tão chata com a saúde bucal (trabalha numa clínica de odontologia), desde pequenininha me garantiu acesso gratuito e de qualidade no serviço odontológico, o que com certeza resultou nos dentes saudáveis que tenho hoje... Valeu, Tia Gilse... outras que me ajudaram de forma a mudar radicalmente minha vida... como a Dra Ivanira (sei lá a especialidade dela... eu só tinha cinco anos), que me salvou da meningite... eu poderia ter morrido... eu quase morri... #Fatão ... mas tô aqui escrevendo esse post testamento... Valeu, Dra....

Bem... algumas delas já estão agradecidas pessoalmente, e claro que não vou agradecer à todos que me ajudaram desde a minha fase fetal, se não esse post vai ficar maior que a torre Burj :P...

Mas não dá pra deixar de citar um agradecimento carinhosíssimo antes de entrar nos agradecimentos especiais aos quais me refiro no título... até porque... uma coisa levou a outra rsrs... Então meio que brevemente, agradeço com todo o amor do mundo à minha tia Gilda Crosara, que, do jeito meio invasivo dela (mas enfim... é o jeito dela), foi a única que confiou na possibilidade de eu me tornar uma pessoa melhor e isso aconteceu na "pior" fase da minha vida (não que eu já tenha sido do tipo de usar drogas, me prostituir na São Lourenço, pichar muros por aí, dançar na boquinha da garrafa ou ser presa... mas sim... tive uma fase complicada de rebeldia)... Uma vez minha tia me disse: "Eu sou assistente social... não posso desistir das pessoas... o dia em que eu desistir de uma pessoa, não posso mais ser assistente social"... E ela não desistiu de mim... mais do que isso... ela foi a ÚNICA, naquele momento complicado, que não desistiu de mim... é graças à ela que hoje sou assistente social também... só não aprendi ainda a parte de "não desistir das pessoas"... rs... mas quem sabe um dia... Valeu, "Titia"... e pegando o gancho... agradeço ao meu padrinho Gilberto por me lembrar disso... Valeu, Padrinho!

Ok... momento introdutório "zói chei dágua" findado... vamos ao real motivo desse post, que é...

AGRADECER imensamente à duas grandes amigas... uma que por enquanto só conheço no mundo virtual, mas que através desse "mundo", já convive comigo há cinco anos (ou quase cinco anos, ou algo bem próximo disso rs)... que é a Dany Mendes (@danymmagalhaes) ... e outra que conheci no comecinho de 2010... alguém com quem tenho o prazer de trabalhar lá na COHAGRA e que tem um lugar especial demais no meu coração, que é a Dona Elisa...

Ahãn... mas elas merecem agradecimentos especiais nesse momento por que???

Pois é... quem me conhece bem (aliás, nem precisa me conhecer tão bem assim pra saber isso rs) sabe que eu tenho um fantasma... na verdade todo mundo tem um fantasma, só que algumas pessoas não admitem, outras não percebem, outras não o identificam... mas todo mundo tem pavor... medo ou giriza por alguma coisa... no meu caso, consegui identificar o meu fantasmão e o nome dele é DESEMPREGO...

Espantar esse fantasma é complicado... existem algumas maneiras de se fazer isso e posso citar duas delas... primeira: ser uma pessoa ultra-dinâmica, que não dorme, não come, não trepa e quase não vive... passar 24 por dia com celular, i-phone, notebook e coisas do gênero ao alcance das mãos... se eu fosse assim, seria a assistente social de uma renomada multi-nacional ou de uma famosíssima ONG... bem ao estilo Marlova Jovchelovitch Noleto e com tal característica, duvido que não seria eficiente e eficaz o suficiente a ponto de não ser demitida e conseguir promoções bienais... mas enfim... essa não sou eu (pelo menos, não totalmente eu)... segunda: passar num concurso público, cuja carga horária geralmente é de 30 horas semanais (o que te dá tempo pra dormir, comer, trepar e viver)... essa segunda opção torna você uma funcionária de regime efetivo (ou estatutário, cada esfera de governo dá um nome), sendo assim, após o término do estágio probatório (que costuma variar entre 1 e 3 anos), ninguém pode demitir você, há não ser por alguma falta grave (e creio que muito grave mesmo porque nunca vi à nível municipal, um funcionário efetivo ser demitido)...

Pensando em espantar meu fantasma desde 2007, quando vivi meu primeiro (e único) desemprego relevante, optei pela segunda opção mencionada acima... comecei a prestar concursos públicos por aí... a princípio, sem foco... podia ser de qualquer esfera, em qualquer cidade, com qualquer salário... eu só tinha duas exigências... o cargo: assistente social e a carga horária: de no máximo 30 horas semanais... Contudo, apesar de estudar razoavelmente, nunca me classifiquei bem num concurso (considero uma boa classificação, ficar colocada dentro do número de vagas disponíveis... então se tiver 100 vagas e o candidato ficar em 100º, pra mim, a colocação dele foi boa)... e olha que prestei vários...

Então... aconteceu que no começo de 2010 tive um problema profissional sério (nem tão sério assim, mas eu e meu péssimo defeito de super valorizar tudo) e aí desabafei no grupo Sublimes Mães, onde convivo com a Dany... recebi muito apoio de todas lá, mas o que destacou no email da Dany foi o TAPA NA CARA que ela me deu... Obviamente não vou lembrar exatamente as palavras que ela usou, até porque, me lembro que o email foi grandão... rs... mas foi algo parecido com:

Será que você estuda muito mesmo? Não está faltando mais dedicação? Você realmente faz TUDO o que pode?

Enfim... não foi isso, mas foi algo muito parecido com isso... e aí eu acordei pro fato de que não estudava o suficiente pra passar num concurso... estudava o suficiente pra passar tipo... num vestibular... mas pra um concurso público, todo esforço que você faz é pouco... e foi pra isso que a Dany me alertou... desde que li o email dela em janeiro de 2010, tendo prova marcada pra abril do mesmo ano, enfiei a cara nos livros... aproveitei que fui transferida pra um setor, naquele momento, muito tranquilo e quase sem atividade e me dediquei a ler, ler, ler e ler... perguntar, perguntar, perguntar, perguntar... reler, reler, reler, reler... mais ou menos isso... como eu sei que meu tipo de inteligência não me permite aborver muitos conteúdos e temas de uma vez, optei por ler uma disciplina por mês, com intervalo de uma semana entre uma disciplina e outra e escolhi apenas duas obras de cada disciplina (costumam sugerir nos editais cerca de pelo menos 10 obras pra cada disciplina... ninguém merece) e "meti a cara" nelas... se antes do tapão na cara que a Dany me deu eu estudava uma hora por dia, depois, passei a estudar entre seis e nove horas por dia e mesmo sabendo que isso ainda não era suficiente pra uma excepcional colocação, eu tinha a certeza de que pelo menos dentro do quadro de 24 vagas oferecidas no concurso público da prefeitura de uberaba, eu ficaria! Além disso, passei a me focar... parei de dar tiros no escuro e defini características que um concurso deveria ter pra eu querer prestar... assim, ficaria mais fácil me dedicar aos selecionados...

E não foi só com o tapaço na cara que a Dany me ajudou... ela me deu uma dica que pra muitos pareceria idiota, mas eu levei a sério... se tem uma coisa que eu não faço é ler edital inteiro de concurso público... ninguém merece ler aquele treco daquele tamanho... quando abria um edital de concurso eu fazia assim:

1- Tem o cargo que eu quero? SIM - prossegue;
2- A carga horária é igual ou menor que 30 horas semanais? SIM - prossegue;
3- Tem vaga pra minha cidade? SIM - prossegue
4- Data da inscrição - anota
5- Valor da inscrição - anota
6- Como e onde se inscrever - anota
7- Data da prova - anota
8- Bibliografia - imprime

FIM DA LEITURA... afinal isso era tudo o que eu precisava saber pra prestar um concurso certo?... mentira... a Dany falou que é errado... "Edital tem que ler... uma leitura bem feita do edital é 50% da prova".... Então tá, mãe... vou ler! (brincadeirinha, é lógico... a Dany tem quase minha idade :P)

Pronto... lá fui eu meter a cara no Edital... li de cima pra baixo, de baixo pra cima, da esquerda pra direita, da direita pra esquerda... comi com queijo-minas, pão de queijo e pamonha doce no café da manhã e ainda o transformei em livro de cabeceira :P... exageros à parte, eu li inteiro, mesmo sobre outros cargos, sobre coisas que não me afetariam... mas li inteiro, o que nunca tinha feito antes e de fato, o edital por si só já te esclarece um montão de coisas...

Por isso aí... o tapão na cara e a orientação sobre ler o edital, é que eu agradeço imensamente à minha amiga Dany Mendes... dentre os responsáveis pela situação trabalhista em que me encontro hoje (concursada, nomeada e quase empossada), a Dany, com certeza é uma delas... se o prêmio pela dedicação fosse em dinheiro, esmaltes, produtos de sexy shop, roupas infantis ou leite, com certeza parte desse prêmio iria pra Dany, como é cargo público não dá pra dividir com ela... rs... mas como eu disse láaaa em cima... sei que quando recebo apoio, ajuda e orientação, quem faz isso faz por amor, afeto e carinho... e sei que a Dany não precisaria nem desse post especial, porque ela é evoluída e especial pra caramba... mesmo assim, quis agradecer... Valeu, Dany!!! ^^

E aí foi que, como toda prova de concurso público, a minha aconteceu num domingo, e na sexta-feira que precedeu, comentei no trabalho que prestaria o concurso... foi quando Dona Elisa, que até o momento nem era ainda tão minha amiga quanto hoje é, me chamou, me abraçou e desejou boa sorte... mas sendo a tão prestativa e detalhista que é não ficou só nisso... foi uma única dica me dada por Dona Elisa... mas ahhh que dica de ouro:

"Leia a prova três vezes... na primeira vez faça uma leitura dinâmica, na segunda vez faça uma leitura interpretando a questão e na última vez, faça a leitura pensando, raciocinando e respondendo a questão... fazendo assim o cérebro tem tempo de assimilar o conteúdo da prova e aí o que você leu vem a tona na terceira leitura... pode parecer perda de tempo, mas você responde uma questão muito mais rápido lendo assim..." ... Então tá, mãe... eu vou ler três vezes (Dona Elisa bem que podia sim ser minha mãe... rs)

Faz sentido pra você? Pra mim até que fez, e aí resolvi seguir... nunca fiz uma prova tão rápido na minha vida (exceto no colegial quando não sabia nada e tirava uni-duni-tê antes de marcar o X") e tão consciente das respostas...

Saí da sala de aula tendo distribuídos em mentes três grupos de questões:

a) as que eu tinha certeza da resposta e acertei (ou foram canceladas porque a resposta correta, e que eu tinha certeza que seria a correta, não constava nas opções);

b) as que eu nem fazia idéia de sobre o que se estava falando ali e chutei (nessas poderia ter errado ou acertado) e

c) as que eu tinha dúvidas sobre a resposta, em função das opções meio "pegadinhas" se é que me entendem e no caso do grupo C, as chances de ter acertado eram maiores do que as de ter errado...

Quando peguei a prova na net e comparei com meu gabarito, constatei que estava certa sobre os três grupos... acertei todas as questões válidas do grupo A (duas foram canceladas)... acertei algumas poucas questões do grupo B (Valeu, Deus) e acertei a maioria das questões do grupo C...

Como muitas questões se encontravam no meu grupo B (risos, risos, risos), só consegui fazer 60% da prova, sem zerar nenhuma disciplina... ou seja... conseugi alcançar o mínimo exigido para classificação...

Foi com um abraço, um desejo de boa sorte e uma dica que a Dona Elisa mereceria ganhar parte do meu prêmio, se houvesse condição de dividí-lo... mas a Dona Elisa também me ama e dispensa contrapartida, compensação e recompensa... mesmo assim, quis agradecê-la de forma especial aqui... Valeu, Dona Elisa!!!

Agradecimentos também à todas as pessoas que torceram, oraram, rezaram, louvara, fizeram mandinga, mandaram boas vibes... enfim... tudo isso também foi muito importante pra mim... deu forças! (sei que ninguém vai ficar com ciúmes, mas quis garantir rs)... Valeu, amigos/as e familiares!!!

Foi então que conquistei o nono lugar no tal concurso... o que não é grande coisa, mas como eu disse, eu estava consciente de que conseguiria apenas me manter entre as 24 primeiras colocadas e garantir uma vaga... pra um próximo, sei que o esforço terá que ser bem maior do que esse... mas foi esse esforço graças a Dany e essa tática de leitura graças a Dona Elisa que no dia 19 de janeiro de 2011, no diário oficial municipal de número 858, especificamente na página 37... que eu fui nomeada Analista Governamental - Assistente Social da Prefeitura Municipal de Uberaba... sei que ainda não é assim uma Brasteeeeeeemp, mas ao menos, me livrei do meu fantasma!!!

Valeu, Ranne!!!!

sábado, 15 de janeiro de 2011

Aquele sobre o que vi por aí e curti #2

*
1- Algumas dicas bacanas de organização lá no blog Manga com Pimenta... eu sou um poço de desorganização... muito bagunceira e tenho dificuldade tremenda de agir de forma organizada... achei que as dicas podem ser um ponto de partida... vou tentar seguí-las... vamos ver





2- Umas coisinhas fofas, que se entendi bem são marcadores de páginas... mas se não forem, bem poderiam ser... rsrs...


3- Cartões para o Valentine's Day... legal pra inspirar criações pra essa data, ou só pra se sentir um cadinho mais romântico mesmo, afinal, romantismo não faz mal à ninguém! :D




4- Tá afim de cortar o cabelo curtinho? Lá no blog Só pra Meninas tem uma seleção bacana de looks de cabelo curto pra se inspirar... No blog Oh Fashion também tem alguns modelitos curtinhos, mas esses são bem mais ousados rsrs... Nessa onda de cabelos curtos, o que mais achei estiloso foi o da Sandy (que conste... não sou fã da Sandy, mas acho ela muito bonita e o corte ficou mesmo um arraso)... mesmo assim acho que não teria coragem de cortar meu cabelo curto rs...




5- Se você, assim como eu, curte o estilo vintage na decoração, dá uma espiadinha nessa loja internacional... affff cada coisa fofa... se alguém souber onde se encontra essas coisas por aqui me conta? rs... Essa estante de caixote me encantou demasiadamente... acho até que dá pra fazer... será?





6- Um carimbinho fofo à venda lá na Two Peas in a Bucket ... bem na onda do Valentine's Day... amei as corujinhas apaixonadas rsrs





7- Ainda na onda do Valentine's Day, a Amy Rice disponibilizou lá no Flickr dela uns cartões digitais... é só baixar conforme orientação, cortar num editor de imagens e imprimir... achei super fofinhos... amei esse em especial:




quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Aquele com um surto internético

*
P.S 1 - Esse post está sendo ensaiado já há algum tempo (um tempão, na verdade)... daí tava passeando pelo blog da Carina Schirrmann (sempre dou uma passeadinha por lá pois adoro ver as fotos dela... inspiram), quando sem querer caí no seu post "Tratamento de Choque!" e foi esse post que me incentivou a parar de ensaiar e finalmente concluir e publicar sobre meu surto internético... Valeu Cá!;

P.S 2 - O post não é nenhuma indireta pra alguma amiga blogueira, ou pra alguma blogueira que não é amiga... o post tem a ver com ao meu comportamento diante das situações expostas e não das situações em si... então se você "se ler" em algum momento da postagem sem ter sido mencionada nesse momento, isso será coisa da sua cabeça e não da minha...;

P.S 3 - O post não tem cunho #mimimi ou reclamão... trata-se de um desabafo somente... acho que o blog é um lugar bom pra esse tipo de desabafo, pois se alguém já tiver passado pela mesma situação, pode colaborar dando dicas e tal... portanto se você é do tipo que adora garimpar relatos alheios que lhe dê brecha pra zombaria em alguma rede social, talvez seja melhor nem continuar lendo... gente zombeteira é engraçada até certo ponto (lê-se: quando não usa de magoar outras pessoas pra apimentar suas gracinhas), passou desse ponto se torna irritante e desagradável... então reforçando: se você é do tipo que considera tudo reclamação e acha isso um saco, pode voltar lá pro seu mundinho cor-de-rosa, cinderélico e disneylândico, porque esse espaço aqui é de uma pessoa comum, que chora, ri, tem problemas, sofre, vez ou outra tem "quês" de deprê e de vez em quando... SURTA!!!

VAMOS AO SURTO...

Euzinha aqui sou uma internauta... digamos... exagerada... a ponto de fazer minhas refeições na frente do PC e de me sentir abstinente quando estou impossibilitada de me conectar... Internet é coisa boa e útil, mas o mal uso desse recurso pode ser algo patológico e acho que é bem esse o meu caso... Quando estou em casa (como nas circunstâncias atuais, em que estou aguardando nomeação), acordo e vou diretão ligar o computador... já abro os meus emails (que sempre tem no mínimo 80 mensagens - entre profissionais, pessoais e newsletter - mesmo eu tendo esvaziado a caixa postal segundos antes de dormir), me conecto no tweet deck e daí pra frente, fica difícil me tirar da frente do PC...
Eu simplesmente aaaaaaaaaaamo passear pelos blogs, passarinhar no twitter, ler e responder meus emails, explorar sobre as coisas que me interessam e aí descobrir outras coisas que me interessam... e clicar num link que leva a outro link, que leva a um blog, que leva à uma foto no flickr, que leva à uma definição no wikipedia, que leva a... e assim vai... Apesar de saber que meu comportamento não é muito normal, eu gosto desse hobby net... porque me distraio, aprendo, faço amigos, bato-papo, compartilho descobertas e etc... etc... etc...
Não sei há quanto tempo exatamente me dei conta disso, mas diante das várias e diversificadas atividades internéticas com as quais fui me envolvendo desde que conheci essa maravilha, EU PIREI!!!! O meu "pirar" não significa que cansei da net (afff isso não), significa que já não consigo mais me organizar, estabelecer prioridade, reconhecer o que é realmente importante... enfim... tenho dificuldades de manter um foco enquanto navego e aí no fim das contas acaba que eu não absorvo plenamente o que li... e em muitos casos, não coloco em prática o que aprendi através dos muitos tutoriais e passo-a-passos da internet... Sei quais são os meus interesses é é em torno deles que navego, acontece que dentro desses meus interesses tem uma via-láctea inteira de informações... promoções... sorteios... técnicas... ofertas... tutoriais... novidades... descobertas... inspirações... e blablablá... e aí eu tento me envolver em tudo e acabo não desfrutando inteiramente de neca de pitibiriba... meu cérebro parece estar mais ou menos assim:


Não sei se a mudança é recente ou se só agora percebi... mas de uns tempos pra cá, um monte de blogs que eu visitava, lia com calma, com carinho e sempre deixava um comentário, ganhou recargas extra-ultra-powers de energia... não só no que tange à quantidade de postagens, mas também no quesito "variedade de assuntos" (acho até que enquadro no segundo quesito)...
Me lembro que quando comecei nessa onde de blogar, foi por causa da maternidade do Maurinho, então o blog era exclusivamente sobre isso e os blogs que eu visitava pertenciam à mamães que também falavam sobre o desenvolvimento e as peripécias de seus pequenos... aí veio o scrapbook digital e então criei um blogscrap (separado do blog maternidade) e aí veio alguma outra coisa e vendo que eu não daria conta de administrar mais de um blog eu fiz um único pra centralizar nele as coisas pelas quais me interesso e sobre o que me desse vontade de postar e compartilhar... vi então que um monte de blogueiros e blogueiras tinham feito a mesma coisa (talvez até tiveram o mesmo motivo que eu)... até aí, tudo bem, a coisa tava tranquila de administrar... meus blogs favoritos continuavam sendo bacanas, inspiradores e algo bem particular...

Aconteceu que de uns tempos pra cá muitos blogs entraram numa onda comercial e manifestaram (e ainda manifestam) isso da forma mais sedutora possível... com sorteios, brindes, explicações precisas sobre produtos diversos e etc... etc... e eu fui me deixando levar por essa onda e demorei pra perceber (mas finalmente percebi) que eu não mais visitava alguns blogs por achar interessante o seu conteúdo, ou pra interagir com o blogueiro, mas sim porque tinha uma promoção ou um concurso cultural, ou um sorteio no ar e eu não queria perder a chance de ganhar o batom da M.A.C, ou a nova coleção de esmaltes risqué, ou todos os livros da Marian Keyes ou um ano de assinatura da revista X... enfim... Eu já nem sequer prestava atenção na postagem, porque já ia direto participar do tal sorteio e a coisa chegou no ponto de eu já nem lembrar mais de quantos e quais sorteios estava participando, logo, se ganhei alguma coisa, muito provavelmente passou batido...

E o problema não são os blogs que adotaram essa característica comercial, publicitária, etc... afinal, cada um faz do seu blog o que quer e o que acha melhor pra si... o problema SOU EU, que me deixei envolver por esse universo louco e sem fronteiras... fui seguindo um blog que me levou a seguir outro que me levou a seguir um perfil no twitter, que logo me direcionou à outro perfil do twitter e por aí foi (pra você que não participa de sorteios na net, a maioria dos blogs q fazem essa atividade impõe exigências do tipo "seguir-me em alguma rede social")... até que estava eu seguindo 472 perfis no twitter (ispía o absurdo), um outro tantão de blogs sobre beleza, literatura, fotografia e sei lá mais o que e pra finalizar, assinando uma quantidade absurda de newsletter por aí...
Eis que estou desorganizada e nas minhas navegadas net afora, muitas vezes me percebo sem foco... consequência disso: irritabilidade e indisposição com a internet... pois é... por isso tudo ai relatado acima, resolvi fazer esse post e quem sabe ouvir dicas pra me organizar melhor e aprender a fazer um bom uso da net (isso se, você leitor, tiver conseguido ler até aqui)... acho que um primeiro passo já tenho... vou adotar duas palavrinhas no meu cotidiano... me lembro que desde mais nova, ouvia minha madrinha dizer que na vida as coisas podem dar certo se você se embasar em dois princípios fundamentais:


... e acho que preciso estabelecer esses dois princípios na minha vida internética, quem sabe daí surgem algumas soluções que, não me levem à uma atitude radical como essa...









... ou acabe de vez com o prazer que tenho em navegar, blogar, aprender coisas novas e curtir aZamiga e oZamigo virtuais...
Fica aqui portanto o meu apelativo pedido de SOCOOOOOOOOOORRO!!!!!


Sem mais... obrigada pela visitinha!

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Aquele em que fui tageada

*
Minha amiga passarinha Ferdy (a loka do bruqueio @FeAlves) me indicou, lá no blog dela, pra essa brincadeirinha... aliás, isso faz tempo, mas eu sou meio devagar quase parando mesmo :P ... mas enfim... vim aqui cumprir a brincadeirinha, que consiste em estampar a foto desse mocinho gostosão de peito cabeludo (Oi?): *


e contar algumas coisinhas sobre a minha pessoa... bem... não sei se isso vai ser fácil, afinal de contas, como eu contei no post sobre a minha palavra do ano em 2011, só agora resolvi me voltar pra dentro e me conhecer melhor... mas vou tentar, até porque, acho que no ano que vem, isso vai servir como uma excelente referência e parâmetro de comparação
10 ou mais coisas sobre você (qualquer coisa):*
1- Já fui mais ansiosa, mas em 2010 aprendi a trabalhar a paciência e hoje me considero uma pessoa mais controlada... não que eu não sinta a ansiedade, mas ao menos, agora, consigo lidar melhor com ela;
*2- Sou muito desorganizada
*
3- Não gosto de lavar louças... na verdade não gosto de nenhum serviço doméstico;
*
4- Sou uma pessoa preguiçosa e definitivamente não me orgulho nada disso;
*
5- Passo mais tempo usando o computador do que deveria;
*
6- Não concordo com jornadas de trabalho acima de 30 horas semanais... é desumano, cruel e absurdo;
*
7- Há um ano comecei a me educar financeiramente... tenho algumas recaídas vez em quando, mas fazendo um balanço geral, acho que estou melhorando mais à cada mês... apesar dessas recaídas;
*
8- Só recentemente descobri que sou bem menos importante do que eu pensava que fosse... pois é... minha fase de egocentrismo durou mais (beeeeem mais) do que o normal, mas fico feliz de ter superado ela, mesmo que tardiamente... conheço muitas pessoas que ainda não superaram, e algumas que morreram se sentindo o centro do universo;
*
9- Quando amo alguém, eu simplesmente amo, independente do sentimento desse alguém por mim;
*
10- Tenho mais (quantitativamente falando) amigos virtuais do que reais (tô falando daqueles batutas... verdadeiros... presentes... enfim...)

-----------------------------------------------------
5 ou mais manias (esquisitices) suas:
*
1- Não é bem esquisitice ou mania... é doença mesmo, mas como as pessoas leigas acham que é mania, vou considerar... eu arranco meu próprio cabelo... fio a fio... o nome dessa doença é TRICOTILOMANIA... tem tratamento, mas eu ainda não fui atrás... pretendo resolver isso esse ano, afinal de contas, não to a fim de ficar careca...
*
2- Eu não uso destaca-texto em casa, mesmo assim mantenho um de cada cor no meu porta-trecos, só pelo fato de achar bonitinhas aquelas cores alí...
*
3- Escrevo em cada um dos meus livros, pra quem quero deixá-los quando eu morrer, ou sumir, ou entrar em coma ou algo do tipo... :S...
*
4- Quando fico muito tempo de pé, descanso o corpo no salto do sapato (o que consequentemente faz com que os saltos dos meus sapatos se quebrem precocemente)...
*
5- Não vou em velórios, nem em enterros... prefiro guardar lembranças da pessoa quando viva

-----------------------------------------------------
5 ou mais coisas que te irritam:
*
1- Gente que gosta de fofoquinha, intriguinha, disse-que-disse e coisas do gênero;
*
2- Politicagem;
*
3- Os gritos do Mauro Neto;
*
4- Gente que fala mal do outro quando o outro não está presente;
*
5- Gente oportunista

-----------------------------------------------------
5 ou mais coisas que você adora:
*
1- Sossego;
*
2- Músicas;
*
3- Banho demorado;
*
4- Fotografia;
*
5- As manias engraçadas do Fred... coisas que ele desenvolveu sozinho, sem precisar ser treinado

-----------------------------------------------------
5 hobbies seus:
*
1- Scrapbook (artesanal e digital);
*
2- Ler;
*
3- Maratona de seriado;
*
4- Twitter (já foi vício, agora tô mais controlada);
*
5- Não tenho um quinto hobby

-----------------------------------------------------
5 coisas que ninguém sabe sobre você:
*
Se eu contar um monte de gente vai ficar sabendo kkkkkkkkk... brincadeirinha... na verdade não existe nada assim... tenho confidentes pra tudo, não conto tudo pra todo mundo, mas conto uma coisa pra uma pessoa, outra coisa pra outra pessoa... enfm...

-----------------------------------------------------
Seu maior sonho:
*
Ser jornalista

-----------------------------------------------------
Seu maior medo:
*
Que um dos meus filhos morra antes de mim... é uma dor que definitivamente eu não saberia suportar


-----------------------------------------------------
As coisas mais importantes na vida pra você:
*
Tudo o que faz parte da minha vida é importante... não fosse, não faria parte da minha vida

-----------------------------------------------------
Pessoas taggeadas:
*
Fê Marini
Ru Padilha
Claudia Sachs
Adriana Afonso
Val Gouveia