sábado, 11 de setembro de 2010

Aquela com a aquarela...

*

Esse é um post especial pra minha colega de trabalho, à quem acho que já posso chamar de amiga, apesar de nossas (algumas poucas, quase um oceano inteiro) diferenças profissionais... uma amiga que mesmo com essas diferenças, que graças a Deus não atrapalha, mas desafia, por quem eu tenho um imenso carinho... minha amiga Débora, que tá gravidinha, esperando seu primeiro bebezinho e vem sendo diariamente bombardeada de palpites e sugestões, que fosse eu no lugar dela já teria mandado uma renca de neguinha tomar no olho do... enfim... desse lugar mesmo que vocês pensaram... mas a Debora é uma lady e não fala essas coisas feias que eu falo kkkk... eu, como acho palpite uma coisa chata e quase nada útil ofereço-lhe como parabéns pela maternagem, este post... mostrando um pouquinho da minha marternagem com meu caçula... porque é assim que eu vejo a maternagem... como uma aquarela, que não descolore nunca... no máximo perde o tom de vez em quando... mas depois logo retoma o brinho... porque tá no fundo do coração de quem é capaz de amar um filho... no melhor pedacinho da alma... ser mãe é mais do que decidir entre um parto natural ou uma cesárea... mais do que decidir entre quarto compartilhado ou separado... entre babá eletrônica ou a presença... ser mãe implica em inúmeros erros e outros zilhões de acertos... ser mãe é sorrir sem querer, é chorar sem perceber... ser mãe é... uma aquarela... que não descolore nunca...
*
*
numa folha qualquer eu desenho um sol amarelo... e com cinco ou seis retas é fácil fazer um castelo..
*

*
... corro o lápis em torno da mão e me dou uma luva... e se faço chover com dois riscos tenho um guarda-chuva...
*
*
... se um pinguinho de tinta cai num pedacinho azul do papel... num instante imagino uma linda gaivota a voar no céu...
*

*
vai voando, contornando a imensa curva... norte e sul... vou com ela, viajando havaí, pequim ou istambul...
*
*
... pinto um barco a vela branco navegando, é tanto céu e mar num beijo azul...
*
*
...entre as nuvens vem surgindo um lindo avião rosa e grená... tudo em volta colorindo, com suas luzes á piscar...
*
*
... basta imaginar e ele está partindo, sereno indo e se a gente quiser... ele vai pousar...
*
*
... numa folha qualquer eu desenho um navio de partida... com alguns bons amigos bebendo de bem com a vida...
*
*
... de uma américa à outra eu consigo passar num segundo... giro um simples compasso e num círculo eu faço o mundo...
*
*
... um menino caminha e caminhando chega num muro... e alí logo em frente à esperar pela gente o futuro está...
*

*
... e o futuro é uma astronave, que tentamos pilotar... não tem tempo, nem piedade... nem tem hora de chegar...
*

*
...sem pedir licença muda nossas vidas e depois convida à rir ou chorar...
*
*
... nessa estrada não nos cabe conhecer ou ver o que virá...
*
*
... o fim dela ninguém sabe bem ao certo onde vai dar...
*
*
... vamos todos numa linda passarela de uma aquarela que um dia enfim...
*

*
... descolore não viu Débora?!... você com sua doçura, paciência, capacidade de amar e até com esse jeito meio durão que vez em quando se manifesta (e acho que tem que se manifestar mesmo), vai, com seu pequeno ou pequena, saber tranquilamente aquarelar pela vida... e cada etapa vai ser única... e cada momento vai ser eterno... e apesar de o tempo passar, e de o futuro ser uma estrada onde não nos cabe conhecer ou ver o que virá... no fim dela (será que ela tem um fim?) tudo dá certo... porque você tem o que é preciso pra dar certo... o amor... e em algumas situações, como é o caso da maternagem... o amor faz toda a diferença! Quem te escolheu como mãe fez uma excelente escolha! Beijos carinhosos e que nem tudo sejam flores, mas que o jardim esteja sempre pronto a receber o que vier!

11 comentários:

  1. Adorei o texto e amei todas as fotos!!! Lindas demais!!!

    bjs

    ResponderExcluir
  2. nd como uma mãe pra refletir o que é esse amor infinito.
    e vc refletiu de forma muito feliz.
    bejins

    ResponderExcluir
  3. hummmm... amei!!! que fotos mais lindas!!!

    ResponderExcluir
  4. adorei a aquarela e as fotos lindissimas, maurinho ta enorme e a cara do pai huahauhauah!

    bjus

    ResponderExcluir
  5. simplesmente lindooooo :) amei as fotos!!

    ResponderExcluir
  6. Que lindoooo!!!!!
    Eu adoro essa música :)
    As fotos estão maravilhosas :D
    Beijossss

    ResponderExcluir
  7. ahhh amei de montão!
    lindas fotos!

    ResponderExcluir
  8. Muito lindo Ranne adorei, acho que já podemos nos chamar de amiga sim ,porque amizade é construída através também das diferenças, porque se todos nos fossémos iguais a vida não teria sentido você não concorda?
    Bem amiga muito obrigada pela homenagem amei viu. Beijos

    Debora

    ResponderExcluir
  9. Amiga,

    Ameiii as fotos com o Maurinho!
    Lindo demais!
    E realmente essa musica é linda!

    Bjs,

    Mari, Miguel e Carol;

    ResponderExcluir