sábado, 25 de dezembro de 2010

Aquele com o projeto 101 em 1001

*
Pois é... me rendi... até agora não tive vontade de participar do Projeto 101 em 1001 porque sei o quanto sou indisciplinada e tinha a certeza de que não daria conta de cumprir... porém me convenci de que mais importante do que cumprir as 101 realização nos 1001 dias, é poder construir, renovar e desconstruir projetos e por isso me rendi...
Segue minha lista de 101 coisas à serem realizadas em 1001 dias... pode ser que nesse tempo eu desista de alguma coisa... isso nem importa... o importante mesmo vai ser observar os desejos que tenho... pensar no verdadeiro valor de cada um deles... e também, observar minha capacidade de alcançar objetivos... de me movimentar pra que isso aconteça... enfim... isso!
*
Projeto 101 em 1001

Início: 01/01/2011
Término: 28/09/2013 (sei lá se essa conta está certa) - A calculadora

Legenda:
Itens cancelados
Itens cumpridos
Itens progredindo
Itens não cumpridos à tempo
(???) Itens que não sei se estou realmente afim de cumprir

001- Terminar o álbum de scrapbook (artesanal e digital) do Projeto 365 de 2010

002- Iniciar e terminar o álbum "Projeto 365 - O melhor de 2011"
003- Juntar cinco mil reais (só por juntar mesmo, faz parte da educação financeira)
004- Perder (pra nunca mais recuperar) 12 kilos ou mais (gradativamente, de preferência, 1 kilo por mês) ... sendo que ao final deste projeto deverei estar com no máximo 53 kilos
005- Fazer uma torta de queijo
006- Organizar minha lista de contatos do hotmail
007- Fazer minha segunda tatuagem
008- Hidratar o cabelo 1 vez por mês e só fazer luzes de novo após 12 meses de hidratação
Nota: Como pintei o cabelo no dia 21/01/11, em função da coisa horrorosa que formou em volta do meu rosto (sério pipous eu tava parecendo aquelas putas de beira de rodovia... Oh God!)... vou terque mudar a data das luzes... seriam feitas em janeiro de 2012, vai ter que ser em fevereiro do mesmo ano... mas... um mês a mais não vai fazer assim tanta diferença, né?! Você pode ver a mudançade coloração nesse post aqui!
Janeiro - Fiz a primeira cauterização em 21/01/11... ainda não deu pra notar um resultado relevante... mas já melhorou um pouquinho... no tato dá pra sentir uma diferençazinha!
Fevereiro - faltou grana :S
Março - Fiz uma hidratação com selador, no lugar da cauterização... aproveitei e usei o famoso óleo de argan... você pode ler mais a respeito aqui
Abril
Maio
Junho
Julho
Agosto
Setembro
Outubro
Novembro
Dezembro
009- Refazer as luzes no cabelo

010- Deixar as cutículas em repouso absoluto por um ano para reconstituição total, antes de voltar a tirá-las (e só tirá-las novamente quando encontrar alguém que consiga tira-lás inteiras e bem fundinhas)
Janeiro
Fevereiro
Março
Abril
Maio
Junho
Julho
Agosto
Setembro
Outubro
Novembro
Dezembro
011- Organizar todos os meus documentos numa pasta
Por causa da nomeação eu teria que encontrar todos os meus documentos... incluindo meu cartão de vacina que raramente uso :P ... no início de janeiro aproveitei que já estavam todos reunidos, providenciei uma pasta de arquivos e organizei tudo nela... a intenção é manter assim pra facilitar a vida!
012- Conseguir um segundo emprego formal - neeeeeeeeeeeem... tô bem assim!!!!
013- Pintar e decorar o meu quarto
014- Pintar e decorar o quarto do Fí

015- Pintar e decorar o quarto da Fia (com ajuda da mãe)
Foi cancelado porque entre receber de presente da minha mãe a decoração do quarto ou um notebook, a Nath escolheu o note!
016- Passar uma semana inteira sem gritar com ninguém
017- Comprar nove jogos de cama novos (três pra mim, três pra Fia e três pro Fí)
018- Passar um ano inteiro sem comprar roupas e calçados pra mim (exceto calcinhas e tops)
Janeiro
Fevereiro
Março - #Fail ... comprei um vestidinho de verão :S
Abril
Maio
Junho
Julho
Agosto
Setembro
Outubro
Novembro
Dezembro
019- Organizar meus DVDs da série "Gilmore Girls" - joguei tudo fora... to praticando o "destralhe-se" ... estavam quase todos arranhados, preferi jogar fora (não quis nem reciclar... tô com zica de entulho guardado... se um dia eu quiser ver de novo  (o que eu duvido... pois apesar de amar a série, acho que ela não é do tipo de ficar vendo várias vezes), providencio sem problemas!
020- Convencer marido a trocar de carro (só considerarei cumprido quando a troca for concretizada) - o carro é dele, não tenho nada com isso... ao invés de gastar energia tentando convencê-lo de algo que ele sabe que é necessário, vou me concentrar em tirar minha carteira de moto :D
021- Renovar minha carteira de habilitação
022- Iniciar um curso de fotografia
023- Comprar um HD externo
024- Prestar um concurso - neeeeeeeeeeeeeeeem!!! tô bem assim!!!
025- Colocar o Fí numa escolinha de futebol
026- Fazer uma lista de dez coisas que me fazem muito feliz (com fotos) e postar no blog
027- Concluir devidamente (sem falhas) o projeto 365 em 2011
027- Concluir devidamente (sem falhas) o projeto 365 em 2012
028- Transformar um disco de vinil em relógio de parede
029- Passar um ano inteiro sem comprar bijuterias pra mim

Janeiro
Fevereiro
Março
Abril
Maio
Junho
Julho
Agosto
Setembro
Outubro
Novembro
Dezembro
030- Ler pelo menos um livro (literário, não científico) por bimestre em 2011
Janeiro / Fevereiro - Beber, Jogar, Foder de Andrew Gottlieb

Março / Abril - lendo
O Clube do Filme de  David Gilmour
Maio / Junho
Julho / Agosto
Setembro / Outubro
Novembro / Dezembro
031- Ir no "Bar da Porteira" comer carne de sol
032- Comprar ou ganhar o livro "Travessuras de Mãe" de Denise Fraga
033- Arquivar em ordem cronológica todos os artigos da Denise Fraga publicados na Crescer (dos exemplares que eu tenho)
034- Comprar um case pros DVD´s de fotos e organizá-los (inspirado em Nanda Balieiro)
035- Fazer uma prateleira extra no meu guarda-roupa para os sapatos
036- Organizar os meus sapatos
037- Organizar o meu local de trabalho (se eu ainda estiver na COHAGRA)... incluindo gavetas, mesa, caixa de bagunça e etc...
038- Comprar um painel de fotos para o meu quarto
039- Fazer o álbum "Aquarela" (com as fotos
deste post)
040- Aproveitar um fim de semana que o marido tem pós graduação em B.H e dormir com meus dois filhos na mesma cama
041- Instalar o balcão que ganhei de uma tia no meu quarto
042- Descobrir o telefone da Eliana Venâncio e ligar pra ela (ela mudou pra Petrópolis)
043- Fazer acontecer um encontro entre a os amigos e amigas que atuaram na Ronda Social em 2008/2009 (Eu, Seu João, Carlinhos, Nilda Beatriz, Eliana, Adriana e Mara)... considerarei cumprido se conseguir reunir pelo menos três dos oito

044- Ser nomeada e tomar posse no concurso em que fui aprovada (ok... ser nomeada não depende de mim, mas é que espero que isso aconteça nos próximos 1001 dias... na verdade, nos primeiros desses 1001 dias) - Minha nomeação saiu no diário oficial municipal nº 858 de 19 de janeiro de 2011, mais especificamente na página 37 :P ... tomei posse no dia 03 de fevereiro de 2011 :D


045- Comprar uma TV de LCD 22" para o meu quarto (só pelo fato de a minha parede não suportar TV de tubo)
046- Postar no blog sobre cada um dos itens interessantes cumpridos (exceto os que envolvem só comprar alguma coisa e os que envolvem coisas muito íntimas)
047- Controlar todos os meus gastos (mensalmente) numa planilha, a partir do início deste projeto (inspirado em Nanda Balieiro)
048- Comer pelo menos uma fruta fresca por dia durante um mês inteiro (e tentar fazer disso um hábito (mas isso não é um compromisso, só os 30 dias mesmo)
049- Mandar consertar a esteira (ou vendê-la)
050- Gastar só 50% do meu ordenado (ou menos)em 3 dos 12 meses do ano
Primeiro mês
Segundo mês
Terceiro mês
051- Renovar meu estoque de materiais para confecção de scrapbook artesanal a cada 4 meses em 2011
Janeiro / Fevereiro / Março / Abril
Maio / Junho / Julho / Agosto
Setembro / Outubro / Novembro / Dezembro
052- Passar uma semana inteira sem usar o meu computador pessoal
053- Comprar um guarda-roupas para o quarto da Fia
054- Comprar um edredom de casal (daqueles bem, bem, bem fofinhos)
055- Reabrir minha conta-poupança
056- Depositar qualquer quantia na minha conta-poupança todos os meses em 2011
Janeiro
Fevereiro
Março
Abril
Maio
Junho
Julho
Agosto
Setembro
Outubro
Novembro
Dezembro
057- Depositar qualquer quantia na minha conta-poupança todos os meses em 2012
Janeiro
Fevereiro
Março
Abril
Maio
Junho
Julho
Agosto
Setembro
Outubro
Novembro
Dezembro
058- Depositar qualquer quantia na minha conta-poupança de janeiro a setembro de 2013
Janeiro
Fevereiro
Março
Abril
Maio
Junho
Julho
Agosto
Setembro
059- Me desfazer de todas as coisas que estão no meu quarto e não uso mais
060- Fazer um streaptease para o marido (só após cumprida pelo menos 50% do item 4)
061- Escrever e enviar (via correios) 3 cartas manuscritas (uma é pra Ru Padilha, as outras 2 ainda não defini)
Ru Padilha
Destinatário 2
Destinatário 3
062- Reformar algumas roupas não muito legais que tenho (considerarei este item cumprido após reformar 100% das roupas que eu selecionar pra esse fim)
063- Tomar chop só com a Ju e a Marcela lá no Picanha
064- Dar a coleção inteira dos livros do Harry Potter pra Fia
Harry Potter e a Pedra Filosofal
Harry Potter e a Câmara Secreta
Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban:
Harry Potter e o o Cálice de Fogo
Harry Potter e a Ordem da Fênix
Harry Potter e o Enigma do Príncipe
Harry Potter e as Relíquias da Morte
Os Contos de Beedle, o Bardo
065- Dar os bonecos dos principais personagens da série "Bob Esponja" pro Fí
Bob Esponja
Patrick
Sandy
Lula Molusco
Sr. Sirigueijo
066- Pintar a mesa de estudos da Fia
067- Dar de presente pro marido alguma coisa que ele queira muito
068- Iniciar um mestrado (???)
069- Iniciar uma faculdade de jornalismo (???)
070- Organizar os meus livros numa estante ou prateleira, separando os científicos dos literários
071- Organizar o meu guarda-roupas
072- Organizar o guarda-roupas do Fí
073- Fazer uma lista de aniversários das pessoas realmente importantes pra mim
074- Ir à feira de scrapbook em São Paulo em 2011 - Tô afim não!!!
075- Resolver minhas pendências financeiras
076- Fazer um cartão de agradecimento à todas as pessoas que me ajudaram profissionalmente em 2010
077- Fazer e enviar o porta-trecos da Carolzinha
078- Renovar e organizar minha maquiagem
079- Estudar (mesmo, muito e exalstivamente) para um concurso federal ou estadual
080- Comprar uma crop a dile
081- Iniciar um curso de corte e costura (só pra futuramente, ter, eu mesma, condições de reformar minhas próprias roupas)
082- Ir ao "Parque das Acácias" com toda a minha família em qualquer domingo de cada mês durante o ano de 2011
Janeiro
Fevereiro
Março
Abril
Maio
Junho
Julho
Agosto
Setembro
Outubro
Novembro
Dezembro
083- Iniciar uma atividade física (???) (pedir a ajuda da minha madrinha)
084- Fazer uma festa simples no meu aniversário de 30 anos (???)
085- Ser fotografada por marido num lugar legal (marido é ótimo fotógrafo caseiro)
086- Assistir no cinema o filme sobre a Bruna Surfistinha - Vi que tinha disponível "por aí", e preferi economizar a graninha... assisti fora do cinema mesmo!
087- Iniciar um tratamento contra tricotilomania
088- Atualizar as vacinas do Fred em 2011
089- Atualizar as vacinas do Fred em 2012
090- Iniciar um processo na justiça pra conseguir mudar meu nome no documento da Fia
091- Não me envolver em nenhuma atividade Natalina em 2011 - mudei de idéia porque quero me tornar uma pessoa menos anti-social :S
092- Criar um ritual significativo pra minha família (inspirado em Mi Muller)
093- Dar um abraços apertado e demorado em pelo menos 5 das muitas pessoas importantes na minha vida
1- Dona Elisa - Dei um super abraço nela no dia 03 de fevereiro de 2011
2-
3-
4-
5-
094- Pagar o que devo à minha ex cabeleireira e nunca mais voltar lá pra fazer qualquer procedimento nos cabelos
095- Oferecer um almoço decente ao meu sogro e sua mulher, e seus amigos Ailton e "Esquisita" (Vanusa), que já nos ofereceram muitos almoços maravilhosos e eu nunca retribuí
096- Arrumar o jardim que fica na entrada do quarto da Fia
097- Convencer a Fia a doar todas as coisas que ela não usa mais (isso inclui o Xilofone) ... considerarei cumprida quando ela tiver concretizado as doações
098- Fazer a caixa para a cápsula do tempo de toda a minha família e transferir pra ela as nossas lembranças (cada um guarda as suas) (inspirado em Mi Muller)
099- Organizar meus arquivos digitais
100- Fazer um painel de inspiração para o meu scrap canto (inspirado em Mi Muller)
101- Renovar essa lista, substituindo os itens cumpridos e cancelados por novos desejos, novos projetos, novos caminhos....


Se você também é adepta ao projeto, te convido a deixar nos comentários o link para sua lista... como eu sou "nova no pedaço" vou adorar acompanhar outros projetos!!!

domingo, 12 de dezembro de 2010

Aquele em Itumbiara-GO

*
Sábado, dia 11 de dezembro de 2010, fui pra Itumbiara com marido... terra onde ele nasceu... cidade que ele ama incrivelmente (e lendo um livro sobre a cidade, que ele fez na viagem pude saber o porquê de tanto bairrismo)... O objetivo da viagem foi buscar minhas sobrinhas Lara, Sara e Bia, que vão passar as férias em Uberaba com meu sogro... nisso resolvi aproveitar pra conhecer alguns pontos da cidade onde meu marido nasceu e da qual ele tanto fala... já passei por lá em 2007, mas não foi possível conhecer a cidade pois eu estava a caminho de Mato Grosso... Dessa vez, passeei pelo município, vi onde meu marido morou, a casa onde viveu sua mãe, a avenida Beira-Rio, no centro da cidade (lugar lindo e super bem cuidado), o Estádio JK, do Itumbiara Esporte Clube... enfim... lugares que são importantes pro marido, e agora são importantes pra mim também!
*
Na avenida Beira-Rio tiramos algumas fotos no local onde colocaram alguns enfeites natalinos... apesar de eu não gostar de enfeites de Natal americanizados, amei a criatividade do pessoal do Colégio Militar de Itumbiara... foi tudo feito com material reciclado, principalmente garrafas pet...
*
Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket
*
Fomos à algumas lojas esportivas no centro da cidade, porque marido queria comprar uma camisa do Goiás Esporte Clube, mas pra variar, não encontramos uma acomodasse seus humildes 104 kilos divididos em 1,98 de altura... difícil achar camisa de futebol pra ele... Pelo menos conseguiu uma do Itumbiara Esporte que lhe servisse e ficou menos frustrado :P ... aproveitei a ida nas lojas e vesti uma camiseta feminina do GEC... descobri que também não fazem camisetas esportivas femininas pra gordinhas... a "G" ficou super apertada pra mim... ao menos aproveitei o momento em que experimentava, para tirar uma foto!
*
Photobucket
*
E marido não deixaria jamais de me levar pra conhecer o Estádio JK...
*
Photobucket
*
Depois de alguns outros passeios (sem fotos), fomos buscar a Sara, a Lara e a Bia... afinal esse foi o principal objetivo da viagem...
*
Photobucket
*
Amei conhecer melhor a cidade de Itumbiara... amei ter a oportunidade de agradecê-la por ter me dado um presente tão incrivelmente especial que é o meu marido!

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Aquele com os destaques do mês de outubro

*
Como o mês de outubro foi muito bom e especial, resolvi trazer os destaques aqui no blog... não sei se vou fazer isso todo mês, porque né? eu não sei seguir padrões e criar rotinas, ainda mais quando se trata de escrever, que faço quando tenho prazer e pronto... mas pelo menos do mês de outubro achei importante fazer um balancinho... então, segue aí!!!
*
Meu Scraproom - Pois é... me mudei pra casa da mãe... não estou morando com ela, ela cedeu a casa pra morarmos e assim ficarmos livres do aluguel, se mudou pra um barraquinho minúsculo que ela tem e cá estamos hehe... daí que na casa onde moro agora tem um cômodo tipo despensa/despejo no fundo e eu transformei ele em scraproom... apesar de bem rústico, agora tem um cantinho especial pra minha bagunça de scrapbook e amei isso! Tão melhor criar num lugarzinho específico e saber que depois de criar não preciso guardar toooooooda a bagunça em caixas e afins... amei!
*

O Scraproom ainda sem decoração... não arrumei tudo direitinho ainda, até porque faz pouco tempo que mudei...



Despedida da Marcela na COHAGRA - Setembro foi o último mês que a @moprata trabalhou na COHAGRA, daí no comecinho de outubro foi feita uma reuniãozinha de despedidas pra ela, com direito à discursos, fotos, chororô (a Ju chorou, apesar de tentar disfarçar, mas eeeeeeeu vi!), salgadinhos e refrigerante... bem, apesar de não trabalhar mais lá, vira e mexe ela dá jeitinho de nos visitar, seja em horário de almoço, seja no finzinho da tarde... e é fato... ela faz muita falta naquela sala louca em que trabalho!!!
*
Da esquerda pra direita: Da. Elisa, Sandra, Ju, Marcela, eu, Vanessa e Sônia



A Viagem pra São Paulo e seus Derivados - Voltar à Sampa foi uma delícia e eu pude curtir á beça a viagem... primeiro de tudo, conheci a Val Gouveia... pessoa que já era super querida no meu core e agora é mais ainda... super hospitaleira, cordial, sincera e etc... amei poder abraçar o Bruninho magrelinho hehe... o Carlos, marido da Val é um encanto também... essa família me recebeu muito bem, me fez me sentir em casa e foi super agradável a estadia na casa da Val... amei!!!
*
Eu explorei Bruninho (deixa o Conselho Tutelar ler isso :P) e o convenci a ser meu garoto propaganda dos Zippos que ia vender lá em Sampa... acabei vendendo um só e desistindo de vender o outro... Bruninho é uma graça... apertei muito ele kkkkk...

*

Eu e a Val na feirinha boliviana... ameeeeeeei o passeio!!!
*

Fizemos comprinhas na Ikesaki... comprei algumas encomendas das amigas de Uberaba e pra mim vários esmaltinhos que com certeza eu não encontraria em Uberaba tão cedo... além de uma bucha de banho do Bob Esponja pro Fí e uma escova de cabelos cor-de-rosa pra Fia... Na Ikesaki fomos eu, a Val, a Fê Marini, a Fê Alves, a Carolzinha e a Ivs... ameeeeeeeeeei demais conhecer todas elas... delícias essas passarinhas... queria ter tido mais tempo com elas... depois das compras, fomos comer... amei a coxinha com catupiry lá de Sampa...
*
Na Ikesaki... da esquerda pra direita: Fê Alves, Ivana, eu e Val Gouveia... não lembro se foi a Fê Marini ou a Carol quem tirou a foto, é que as duas estavam lá e ambas não saíram no click rsrs...
*

Depois das comprinhas, fomos matar a fome... amei a coxinha paulista com brejinha hehehe...

*
No dia seguinte lá fui eu pra feira de scrapbook... ameeeeeeeeeei a feira... genzas, vocês não tem noção do que é aquilo (bem, quem já foi tem noção kkkk)... eu cheguei a conclusão de que na próxima visita a feira terei que levar mais e mais e mais grana, porque, meu!!! é sério!!! muuuuuuuuita coisa boa pra comprar e em muitos stands os preços são bons... por isso vale a pena ir bem abastada e claro, com a mala não muito cheia, do contrário não dá pra voltar com tanto parangolê de scrapbook rsrs... conheci muitas amorinhas lá... a Ru Padilha que eu era doida pra abraçar e apertar muito forte, a Fê e a Isadora (lindinha a Isa), a Regi, a Dê, a Lele, a Lica, a Loh e a Lauhra Roz, a Val Piemonte, a Rita, a Marisa, a ... OMG! Esqueci alguém? foram tantas scrappers... não sei se citei todas kkkk é que essas foram as com quem passei mais tempo... mas enfim... conheci muita gente! amei demais! comprei muuuuuuuuitos papéis, um furador de tags, cola e alguns poucos elementos, depois da feira íamos no Outback, mas todo mundo desanimou, daí comemos nua panificadora alí perto mesmo... ameeeeeeei a pizza paulista, deve perder só pra italiana mesmo! A Vany passou lá enquanto comíamos, pena que foi tão rapidinho, nem deu pra tirar foto, papear um pouco... uma pena... quando estávamos indo embora conheci a Léa e o filho lindo dela... também não deu pra tirar foto =0( ... daí ficou muito tarde pra voltar pra Val e dormi na casa da Ivs, onde fui torturada com uma sessão violenta de "A Fazendo"... ninguém merece kkkk... amei a casinha da Ivs, super aconchegante, e foi legal curtir o restinho de noite com as passarinhas fofas do meu coração!
*
Resumindo: Quase todo mundo na feira! kkkkk

*
Lica fofocando com a Dê... #EuRi
*

                                  Passarinhada exibindo as compritchas na casa da Ivs!!!


*
Graças a paciência do Carlos e da Val em localizar a Rua Dr. Cláudio de Souza, pude voltar no lugar onde morei até meus quase nove anos de idade... amei voltar lá e soube que é patrimônio tombado... nem sabia disso... então estava quase exatamente tal qual era em 1989 quando deixei São Paulo e vim morar em Uberaba... foi bem legal e emocionante voltar lá!
*

+
+
E no último dia em que ficaria em Sampa, o Carlos e a Val me levaram pra conhecer uma feirinha boliviana... coisa mais linda e fofa, mas como o dinheiro já estava curtinho, comprei só um cinzeiro pra mim e um chaveiro de violão pro marido...
*
*

*
Por último, achei o mascote do Goiás Esporte Clube lá em Sampa... é difícil achar esse mascote fora de Goiânia, então em Uberaba é que nunca achávamos mesmo, mas comprei em Sampa por um preço super camarada e marido amou!
*

*
Bolhas de Sabão - De volta à Uberaba, Maurinho e eu tiramos um dia pra fazer bolhas de sabão com assoprador improvisado!
*
*
Zebu Grelhados - Depois de um dia mega estressante de trabalho, Eu, Marcela e Ju fomos jantar na Zebu Grelhados... ameeeeeeeeeei... nem vou por a foto aqui porque ficaram feinhas hehe... mas foi um excelente passeio...
*
Test Drive Mami - Inaugurei minha participação no blog "Test Drive Mami", administrado pela minha amiga Keka... Lá, pelo menos uma vez por mês, vou postar uma coluna com contos e histórias do dia-a-dia, principalmente sobre como é ser mãe de um menino e de uma menina em idades tão diferentes... escrevi o último conto ontem... quem quiser ler, fica a vontade é só clicar aqui...
*
Porta-trecos - Com uma dica da Fê Marini fiz meu primeiro porta-trecos ... se quiserem ver como ficou é só clicar aqui...
*
Feirarte - Fui conhecer a barraquinha de vinhos do Demilton lá na Feirarte... adoooooooro vinho e amei tudo... fomos eu, marido e Maurinho e logo chegaram a Ju com o filho Pedro Otávio e a Marcela! Amei a noite!
*

Marcela e eu

*


Eu, Ju e Pedro Otávio
*

Família quase toda reunida... faltou a Fia, mas essa já não pára mais em casa nos fins de semana

*
Quero Pizza - Fomos na pizzaria com direito a rodizío, chopinho, marido e os amigos Marcela e seu namorado Alysson
*


Marido à esquerda e Marcela à direita...

*
O Fantasminha Improvisado - De última hora Maurinho resolveu que queria se fantasiar pra festa de Halloween da escolinha... e sem condições de providenciar algo decente no momento, peguei uma capa de colchão e transformei nisso aí kkkk... importante é que ele ficou feliz e curtiu a festa.. o resto é só vaidade de mãe :P...
*


*
Comprinhas de Bijus - Aaaaaaaaaaamo bijuterias... aaaaaaamo fazer compras, mas odeio fazer compras sozinha... daí que convenci a Marcela a ir comigo comprar bijus e me esbaldei... achei até um sapato lindo e uma mãozinha cute que são porta-anéis... amei amei...
*


Eu, minhas sacolas e uma nova schin, porque a grana tava curta pra skol :P


*
Ilha do Açaí - E pra fechar bem o mês, um passeio na Ilha do Açaí, com o Fí e a Marcela... no meio do caminho apareceu a Dona Elisa que fez companhia pra gente... show de fim de tarde!!!
*

Marcela Fí, Dona Elisa e eu...

*

Então foi assim o mês de outubro... cheinho de coisas boas... :D

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Aquele com um porta-trecos

*
Eu estava doida pra fazer um porta-trecos e organizar um cadinho a minha bagunça de canetas, marcadores de textos, lápis e afins... daí que gritei por ajuda no twitter e a Fê Marini me indicou esse passo-a-passo de porta-trecos... esse do PAP é bem mais incrementado e super multi-funcional, mas como eu nem tenho tantas coisas assim pra armazenar, fiz um simples mesmo, tendo a idéia como base...
Não sei trabalhar arte sem foto... ou melhor, até sei, mas não acho a menor graça rs... então revelei três fotos minhas em preto e branco, porque não sabia que cor faria o acessório e modéstias a parte, apesar dos errinhos de acabamento (pra variar) e de uma coisinha torta aqui, outra acolá... achei o resultado legal.
Usei pra fazer o porta-trecos:
*
- 1 Caixa de leite vazia;
- 1 folha de papel para scrapbook;
- Cola acid free (para as fotos)
- Cola branca acrilex (para o papel)
- Botões à gosto (e foram muuuuuuuuitos)
- Zots (aquelas bolinhas de grude para colar botões, mas também pode ser usada cola pra isopor, só que demora pra secar, enquanto a zots é instantânea);
- 3 fotos
*
A partir de agora as caixas de leite dificilmente vão para o lixo... quero fazer um porta trecos pra colocar na mesa em que ocupo no meu trabalho e os presentes de fim de ano, adivinhem o que serão? hehehe!
Super amei a idéia e agradeço à Fê pela indicação, e à Solange Damásio, autora do passo-a-passo...
Taí o resultado da minha arte de arteira... por quem faz bagunça é arteira e não artista e meu negócio é mesmo bagunçar ;0)
*
Peguei uma caixa de leite vazia, lavei e sequei bem e conforme a intenção que tinha, cortei de forma que ficasse com 11 cm. de altura:
*


*
Encapei a caixa com a folha de papel para scrapbook (cola branca acrilex)... a folha não é suficiente para cobrir os quatro lados da caixa de leite, mas fica faltando um pedacinho pequeno, então fiz uma emenda...
*

*
enfeitei cada um dos quatro lados da caixa à meu gosto (cola para scrapbook)... coloquei uma foto em cada um de três lados e no lado que restou, colei muito e muitos botões (zots ou cola para isopor)...
*

*


*



*
Couberam várias coisinhas na minha arte de arteira... muitas canetas e lápis, estilete, tesouras, canetinhas etc...


*


*
E olha como ficou fofo na minha mesa pra PC :D
*



quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Aquele sobre quando a ficha caiu - parte II

*
... pois é... e depois que chorei compulsivamente, tendo a certeza de que jamais dormiria naquela casa... ("naquela" e não mais "nessa" porque já não estou mais lá) não mais me aconhegaria naquele meu quarto quentinho... não mais desfrutaria do frescor daquela clarabóia que separava o meu quarto do quarto do Fí... enfim... depois do choro fiz o post e aí tentei pensar com mais otimismo sobre tantas e tão bruscas mudanças... e como disse no post anterior, foi difícil relembrar os bons momentos... foi doído... mas ao mesmo tempo, confesso, que estranhamente, foi bom relembrar...
me lembrei que ao mudar pra lá, foi difícil convencer e ensinar a Fia a dormir no seu próprio quarto... ela se acostumara a dormir comigo por nove anos e não foi fácil fazer esse desmame, mesmo ela já estando grandinha... mas foi só fazer o acordo de deixar a luz do quarto acesa e as coisas foram se ajeitando... não demorou muito e ela enfim aprendeu a dormir no seu próprio quarto e a ter o seu próprio espaço...
me lembrei que no segundo dia morando naquela casa, minha família, a família do andrey e alguns (poucos) amigos nos fizeram um chá de casa nova e ganhamos um monte de coisas que não tinhamos... como panela de pressão, por exemplo...
me lembrei de quando, morando ali, eu tive dengue... e foi terrível porque eu estava com oito meses de gestação... período difícil...
e me lembro tão saudosamente de quando Nath e eu deitávamos juntas no sofá da sala, e o Maurinho, ainda na barriga, ficava chutando como se quisesse empurrar a irmã dali... e era bom quando a gente se aconchegava no sofá...
*

*
e foi naquela casa que eu vivi as últimas semanas de gestação do Fí... e me lembro do quanto fiquei ansiosa porque ele só nasceu perto da 37ª semana de gestação... me empaturrei de chá de canela, banho quente e sexo pra ver se estimulava o trabalho de parto... enfim... fase importante e apesar de um montão de pesares... deixou saudades...
*

*
e foi ali que cheguei com o Fí quando ele nasceu... alí ele viveu seus primeiros dias e todos os seus outros dias até recentemente... e ele até então não sabia o que era morar em outro lugar que não alí...
*
*
e me lembrei de tantas coisas que vivi naquela casa... tão aconchegante... tão "nossa", que obviamente, todas as emoções que lembrei ter vivido alí, não caberiam nesse post... e por isso, ele continua...

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Aquele sobre quando a ficha caiu - parte I

*
Parece que só agora (na verdade há algumas horas, considerando o tempo que demorei para elaborar o post) eu me dei conta de que esta é a última noite que passo nessa casa... só agora caiu a ficha e aquele flash back não planejado e atrevido como um visitante indesejado passou na minha cabeça, me trazendo a tona o quanto fui feliz... e infeliz... e feliz de novo, vivendo aqui...
Cada vez que penso na história da minha vida eu chego a conclusão de que absolutamente tudo o que aconteceu foi como tinha que ser... e aí ao me lembrar de como vim parar nessa casa, tenho a absoluta certeza disso (e talvez seja o que me fortalece e me faz sempre confiar numa força estranha que me leva não a cantar, mas a seguir em frente)...
Os primeiros responsáveis por eu morar nessa casa hoje foram meus filhos... A Fia, por não caber onde eu morava antes... eu morava com Andrey no apErtamento minúsculo que ele viveu enquanto solteiro... e lá era pequeno e inviável demais pra Fia...
*

e essa é a única foto (tecnicamente péssia e mostrando um puta mal exemplo) que tenho mostrando um pedacinho do apErtamento, onde me aconcheguei em Andrey por um tempo (de setembro de 2005 a janeiro de 2006)... inclusive, onde o Fí foi gerado...
*
Fiquei quatro meses longe da Fia por isso (ela ficou morando com a minha mãe e eu só a via uma vez por semana)... e o Fí, por estar tão enorme dentro da minha barriga, a ponto de me impossibilitar de subir oito lances de escada (não sei se eram quatro ou oito, mas nem importa, na verdade pareciam trezentos e oitenta e sete mil e quinhentos lances de escada)... e em seguida foi o pai da Fia o responsável por hoje eu morar aqui... porque depois de muito tempo procurando uma casa adequada, foi ele quem me indicou essa... a perfeita!
Então se não fosse aquela minha história doída, sofrida e machucada, lá em 1996/97,envolvendo meu namoro com o pai da Fia, e não fosse a Fia ter escapolidamente vindo ao mundo, e não fosse tanto sofrimento e descoberta e vivência e tudojuntomisturado e tanta dor em torno dessa história e tanta terapia por causa dessa dor e desse sofrimento e das descobertas e das vivências e de tudojuntomisturado... talvez eu nunca tivesse conhecido o Andrey... e aí nunca teria vivido com ele num apErtamento... e não teria ficado grávida do Fí... e não teria mais contato com o pai da Fia... no fim das contas, eu nunca teria morado nessa casa... e esse post também não teria razão de ser...
É como relatei antes... a sensação que tenho em cada significante acontecimento da minha vida é que as coisas são como tem que ser... e talvez agora, tenha que ser isso... eu tenha que sair dessa casa e no exato momento em que digito essas palavras, a dor por deixar esse lar aperta ainda mais o peito... Então essa parte 1 sobre quando a ficha caiu é na verdade pra contar que há poucas horas, quando fui tomar banho (pela última vez nessa casa), me dei conta de que é minha última noite aqui... e confesso que deu um pouquinho de arrependimento de ter decidido mudar (sei que vai passar, mas é o sentimento do momento e é ele que eu quero e preciso registrar)... e me lembrei dos bons e mals e felizes e infelizes momentos que passei nessa casa... e confesso ainda que deu uma dor grande no peito e ela ficou tão grande, e tão sem espaço alí dentro, que eu tive que deixar ela sair... e foi aí que eu compulsivamente, em silêncio e escondidinha no banheiro... chorei!
*

*
(continua)...

domingo, 19 de setembro de 2010

Aquela sobre quando Prata vale ouro...

*
Pessoas passam por nossas vidas por vários motivos... deixam muito de si e levam outro tantão da gente... No dia em que conheci Marcela Prata ( @moprata ), pensei... "pôxa, como essa moça parece a Mitia Assef ( @mitia_meucanto ) ... de perfil lembra pouquinho hehe... mas depois que me acostumei e conheci direitinho o rostinho dela, não achei mais tão parecida... acho que o que de mais valioso Marcela Ouro vai deixar comigo, é o jeito simples de encarar cada minuto de vida... cada problema... cada obstáculo... aliás... o que é obstáculo quando se fala em Marcela Ouro?... porque sinceramente, tenho quase certeza de que pra ela eles não existem... se tem problema ela resolve e ela não coloca dificuldades pra isso... apesar da nobreza dos "Prata", Marcela Ouro é uma pessoa simples, respeita todo e qualquer ser humano independente de qualquer coisa e eu acho isso lindíssimo nela... Tem um jeitinho tão dela de ser sem noção que creio ser esse o seu maior charme... pessoa mais voadinha não conheço, mas até isso faz dela uma coisinha linda!... Vai ser difícil passar boa parte dos meus dias sem ver aquele rostinho... sem ouvir aquelas histórias de possessividade e ciúmes contadas por Marcela sobre seu relacionamento amoroso... vai ser difícil ficar sem a "Menininha" por perto... mas enfim... ela foi voar e fazer aquilo que estudou pra fazer... vai trabalhar com publicidade, que é sua área de atuação, e eu fiquei muito feliz por ela, apesar da tristeza de não ter mais o prazer da sua companhia!
*
Voa "Menininha"... vai voar...
vai ser "Menininha" no seu lugar...
se é que lugar você tem...
e que ao sair dessa terra de ninguém,
não se esqueça, "Menininha",
de quem ficou e tanto quer você bem...
*
Obrigada, Marcela, por permitir que eu fizesse parte de um pedacinho do seu mundo... por permitir a maravilha que foi e é conhecer você! E você pode até sair da sala de trabalho que eu ocupo... mas do meu coração, não sai mais!!!
*


sábado, 11 de setembro de 2010

Aquela com a aquarela...

*

Esse é um post especial pra minha colega de trabalho, à quem acho que já posso chamar de amiga, apesar de nossas (algumas poucas, quase um oceano inteiro) diferenças profissionais... uma amiga que mesmo com essas diferenças, que graças a Deus não atrapalha, mas desafia, por quem eu tenho um imenso carinho... minha amiga Débora, que tá gravidinha, esperando seu primeiro bebezinho e vem sendo diariamente bombardeada de palpites e sugestões, que fosse eu no lugar dela já teria mandado uma renca de neguinha tomar no olho do... enfim... desse lugar mesmo que vocês pensaram... mas a Debora é uma lady e não fala essas coisas feias que eu falo kkkk... eu, como acho palpite uma coisa chata e quase nada útil ofereço-lhe como parabéns pela maternagem, este post... mostrando um pouquinho da minha marternagem com meu caçula... porque é assim que eu vejo a maternagem... como uma aquarela, que não descolore nunca... no máximo perde o tom de vez em quando... mas depois logo retoma o brinho... porque tá no fundo do coração de quem é capaz de amar um filho... no melhor pedacinho da alma... ser mãe é mais do que decidir entre um parto natural ou uma cesárea... mais do que decidir entre quarto compartilhado ou separado... entre babá eletrônica ou a presença... ser mãe implica em inúmeros erros e outros zilhões de acertos... ser mãe é sorrir sem querer, é chorar sem perceber... ser mãe é... uma aquarela... que não descolore nunca...
*
*
numa folha qualquer eu desenho um sol amarelo... e com cinco ou seis retas é fácil fazer um castelo..
*

*
... corro o lápis em torno da mão e me dou uma luva... e se faço chover com dois riscos tenho um guarda-chuva...
*
*
... se um pinguinho de tinta cai num pedacinho azul do papel... num instante imagino uma linda gaivota a voar no céu...
*

*
vai voando, contornando a imensa curva... norte e sul... vou com ela, viajando havaí, pequim ou istambul...
*
*
... pinto um barco a vela branco navegando, é tanto céu e mar num beijo azul...
*
*
...entre as nuvens vem surgindo um lindo avião rosa e grená... tudo em volta colorindo, com suas luzes á piscar...
*
*
... basta imaginar e ele está partindo, sereno indo e se a gente quiser... ele vai pousar...
*
*
... numa folha qualquer eu desenho um navio de partida... com alguns bons amigos bebendo de bem com a vida...
*
*
... de uma américa à outra eu consigo passar num segundo... giro um simples compasso e num círculo eu faço o mundo...
*
*
... um menino caminha e caminhando chega num muro... e alí logo em frente à esperar pela gente o futuro está...
*

*
... e o futuro é uma astronave, que tentamos pilotar... não tem tempo, nem piedade... nem tem hora de chegar...
*

*
...sem pedir licença muda nossas vidas e depois convida à rir ou chorar...
*
*
... nessa estrada não nos cabe conhecer ou ver o que virá...
*
*
... o fim dela ninguém sabe bem ao certo onde vai dar...
*
*
... vamos todos numa linda passarela de uma aquarela que um dia enfim...
*

*
... descolore não viu Débora?!... você com sua doçura, paciência, capacidade de amar e até com esse jeito meio durão que vez em quando se manifesta (e acho que tem que se manifestar mesmo), vai, com seu pequeno ou pequena, saber tranquilamente aquarelar pela vida... e cada etapa vai ser única... e cada momento vai ser eterno... e apesar de o tempo passar, e de o futuro ser uma estrada onde não nos cabe conhecer ou ver o que virá... no fim dela (será que ela tem um fim?) tudo dá certo... porque você tem o que é preciso pra dar certo... o amor... e em algumas situações, como é o caso da maternagem... o amor faz toda a diferença! Quem te escolheu como mãe fez uma excelente escolha! Beijos carinhosos e que nem tudo sejam flores, mas que o jardim esteja sempre pronto a receber o que vier!